Selecione a página

Dimas se reúne com Secretário Estadual do Emprego e pede investimentos na qualificação profissional

Dimas convidou o secretário para vir à Araraquara, se reunir e ouvir as reivindicações das forças políticas locais e regionais, e falar sobre o trabalho da Pasta.

O deputado federal Dimas Ramalho e o secretário estadual do Emprego e Relações do Trabalho David ZaiaO deputado federal Dimas Ramalho (PPS) participou ontem, às 12h30, de audiência com o secretário estadual do Emprego e Relações do Trabalho (SERT), David Zaia, para tratar sobre o funcionamento de programas de qualificação profissional para a cidade e microrregião. Em nome do município, o deputado convidou o secretário, que também é deputado estadual reeleito e presidente do PPS, para vir à Araraquara, se reunir e ouvir as reivindicações das forças políticas locais e regionais, e falar sobre o trabalho da Pasta.

Para Araraquara, Dimas Ramalho solicitou a Davi Zaia, a possibilidade de ampliar e a destinação de novos cursos do Programa Estadual de Qualificação Profissional (PEQ) que objetiva capacitar trabalhadores desempregados ou em vias de perder o emprego, pequenos e microprodutores e trabalhadores autônomos nos municípios paulistas.

Na cidade a SERT funciona através do Centro Municipal de Atendimento ao Trabalhador (CEAT), ‘Mário Marques da Silva’, órgão ligado á prefeitura municipal, e que trabalha em parceria e ações conjuntas com o Estado, Senai, SENAC e Centro Paula Souza.

“Hoje a tendência do mercado é buscar mão-de-obra qualificada e de acordo com a vocação regional. Por vezes sobra emprego devido à exigência de experiência ou curso”, argumentou. “Vemos muita gente buscando uma vaga, mas que não preenche o pré-requisito técnico para exercer ofício, sobretudo aos jovens que estão ingressando no mercado de trabalho”, pontuou Dimas Ramalho.

O deputado também falou sobre a boa experiência que a cidade teve com o programa ‘Time do Emprego’, específico para os jovens e direcionado para maiores de 16 anos que buscam o primeiro emprego. Dimas pediu reforços ao programa que é desenvolvido desde 2009, através do antigo Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT). Pelo programa os candidatos também recebem orientações como a elaboração de currículo e a preparação para entrevistas de emprego.

O secretário também falou sobre recente levantamento da Pasta que mostrou que, em todo estado, há sobrando 12.812 vagas de trabalho, para pessoas sem experiência. Segundo ele, uma das maiores reclamações de quem está procura emprego, principalmente dos jovens, é a exigência excessiva de experiência. Ao final da audiência, o secretário ficou de confirmar uma agenda conjunta com o deputado para se reunir com as lideranças araraquarenses e regionais.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade