Selecione a página

Crise política só será superada com a participação popular, afirma Edinho

O prefeito Edinho participou da mediação da mesa de debates “Novas formas democráticas de Estado e democracia participativa na gestão municipal”, que integrou o 1º Congresso Internacional de Democracia Participativa, no Centro Internacional de Convenção, na manhã de sábado (16). Edinho ressaltou a necessidade de a população se aproximar do poder público. “A nossa crise […]

Crise política só será superada com a participação popular, afirma Edinho
O prefeito Edinho participou da mediação da mesa de debates “Novas formas democráticas de Estado e democracia participativa na gestão municipal”, que integrou o 1º Congresso Internacional de Democracia Participativa, no Centro Internacional de Convenção, na manhã de sábado (16). Edinho ressaltou a necessidade de a população se aproximar do poder público.

“A nossa crise política brasileira só será superada com a aproximação da sociedade por meio de conselhos municipais, audiências públicas ou em projetos como o Orçamento Participativo. Aqui em Araraquara, temos buscado esse caminho, a participação popular”, declarou o prefeito.

A mesa contou com os seguintes palestrantes: o presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras (Portugal), Carlos Bernardes; o deputado federal Alexandre Padilha; o presidente honorário do Conselho de Educação Popular da América Latina, Pedro Pontual; e o professor Milton Lahuerta, do Laboratório de Política e Governo da Unesp Araraquara.

Em sua fala, Carlos Bernardes destacou que “o cidadão é o pilar central da democracia” e mostrou programas de participação popular de Torres Vedras, que realiza o Orçamento Participativo desde 2015.

Alexandre Padilha lembrou que a Constituição brasileira garante uma série de direitos, como a Educação e a Saúde gratuitas, mas também garante que a população tenha formas de participação. Segundo o deputado, “as redes sociais criaram uma outra esfera pública”, com as novas tecnologias aproximando as pessoas dos governantes.

Para Pedro Pontual, “a intersetorialidade é um dos maiores desafios”, ou seja, fazer com que as políticas públicas sejam integradas. O especialista também destacou que é muito importante manter o diálogo aberto com os mais diversos movimentos sociais e setores da sociedade.

Por fim, o professor Milton Lahuerta pediu para que a política seja enaltecida, em tempos de tanto descrédito. “Não dá para pensarmos em democracia se não valorizarmos a política. E a política hoje é vista como algo ruim”, disse. Lahuerta também destacou que é preciso “diminuir a distância entre dirigentes e dirigidos”.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade