Selecione a página

Contratação de agentes de trânsito é alvo de requerimento

De um quadro aprovado de 40 agentes, apenas 23 estão providos, e desses, apenas 17 trabalham efetivamente no trânsito nos três turnos de serviço

Contratação de agentes de trânsito é alvo de requerimento

Com o aumento significativo do número de veículos em circulação na cidade de Araraquara e o impacto no trânsito, o trabalho do agente de trânsito se torna de suma importância para a harmonia e o respeito às normas de circulação. A atuação desse profissional não fica restrita a fiscalização, manutenção da fluidez, sinalização de obras, eventos e acidentes. Eles também executam inúmeras ocorrências que caberiam a outros profissionais, mas que, por falta de mão de obra, são realizadas por eles, como, por exemplo, o despejo de serragem sobre manchas de óleo e a contenção de animais de grande porte que circulam, inclusive, por vicinais.

No ano de 2018, foram registradas 37.783 ocorrências pelos agentes de trânsito, dentre elas o apoio a outras secretarias e órgãos, patrulhamento, entrada e saída de escolares, atendimento de ocorrências no trânsito, relatório de incidentes e autuações. No entanto, esse aumento da demanda de serviços contrapõe-se à diminuição do efetivo de agentes de trânsito, gerando sobrecarga de trabalhos, descontentamento e desmotivação dos profissionais, uma vez que, de um quadro aprovado de 40 agentes, apenas 23 estão providos, e desses, apenas 17 trabalham efetivamente no trânsito nos três turnos de serviço.

“Os agentes de trânsito estão desatualizados e despreparados, pois não têm acontecido informes, reuniões com os vários níveis de chefia, atualização contínua de leis, cursos e procedimentos. Eles têm clamado a seus superiores que se empenhem em obter melhorias para as condições de trabalho, bem como para que se atentem à falta de efetivo. O acúmulo de fatos negativos envolvendo o efetivo e o trabalho colocam em risco não só os agentes, mas também a própria população, que paga um preço alto pela falta de estruturação dessa categoria”, entende o vereador Elias Chediek (MDB), que apresentou na Sessão Ordinária do dia 4 de setembro um requerimento à Prefeitura, lembrando que há uma lista de 30 candidatos aprovados no último concurso realizado em 2015 e que está prestes a vencer.

No documento, o parlamentar questiona se há a intenção de contratar agentes de trânsito que foram aprovados no referido concurso, qual a previsão para essa contratação, e se há também intenção de chamar novos guardas civis municipais para treinamento e contratação. “Esperamos que o prefeito se sensibilize para essa situação e autorize a contratação urgente dos novos agentes de trânsito”, conclui Chediek.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade