Selecione a página

Câmara pode entrar na discussão sobre futuro da CTA

O presidente da CTA, Silvio Prada está desenvolvendo um plano de recuperação da empresa

A Câmara Municipal de Araraquara, através da Comissão de Transportes, deve entrar, nos próximos dias, na discussão sobre o que fazer para implementar um plano viável de recuperação da Companhia Troleibus de Araraquara (CTA). A empresa, como se sabe, atravessa a pior crise de sua história, está à beira da falência.

Quem provocou a discussão na Casa de Leis, e clamou pela necessidade de a Comissão de Transportes se envolver diretamente no problema da empresa foi o vereador do PT, Donizete Simioni, que ao lado de Elias Chediek, PMDB, e Adilson Vital, do PV, integra a constituição da comissão.

De acordo com o parlamentar, as autoridades locais não podem mais perder tempo diante do grave momento vivido pela empresa, que estaria com mais de 50 ônibus com problemas mecânicos e parados em seu pátio por falta de manutenção, sem crédito no mercado, com dívidas trabalhistas de grande monta, além de atravessar dificuldades para liquidar compromissos básicos do dia a dia.

Falando ao O Imparcial ainda recentemente, o prefeito municipal, Marcelo Barbieri, afirmou que o maior problema da empresa é que ela é deficitária, teve grande redução no número de passageiros – devido ao crescimento da classe média -, e trabalha com uma frota antiga e que exige manutenção constante.

Barbieri anunciou, com inteira exclusividade ao O Imparcial, que o presidente da CTA, Silvio Prada, está desenvolvendo um plano de recuperação da empresa, que deve estar pronto nos próximos dias.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade