Selecione a página

Bancários aprovam greve a partir do dia 6

Depois de uma assembleia ocorrida nessa quinta-feira (1), os bancários de diversos estados decidiram entrar em greve nacional a partir do dia 6 de setembro, pois não aceitaram a proposta da Fenaban apresentada no dia 29 de agosto que oferece aos bancários reajuste de 6,5% no salário e nos auxílios refeição, alimentação, creche, e abono […]

Depois de uma assembleia ocorrida nessa quinta-feira (1), os bancários de diversos estados decidiram entrar em greve nacional a partir do dia 6 de setembro, pois não aceitaram a proposta da Fenaban apresentada no dia 29 de agosto que oferece aos bancários reajuste de 6,5% no salário e nos auxílios refeição, alimentação, creche, e abono de R$ 3 mil, além de participação nos lucros e resultados (PLR). Segundo a Contraf, a proposta da entidade patronal não cobre a inflação do período, projetada em 9,57% para agosto deste ano, e representa perdas de 2,8% para a categoria.
O que os bancários reivindicam reajuste salarial de 14,78%, o que significa 5% de aumento real,piso salarial de R$ 3.940,24, vales alimentação, refeição, 13ª cesta e auxílio-creche/babá no valor de R$ 880,00, melhores condições de trabalho, com o fim das metas abusivas e do assédio moral que adoecem os bancários, defesa do Emprego, com fim das demissões e mais contratações, plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) para todos, auxílio educação, prevenção contra assaltos e sequestros e igualdade de oportunidades.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade