Selecione a página

Soldador acusado de matar jovem no condomínio do Jardim Paraíso é preso

Da redação Um soldador de 51 anos foi preso nessa quinta-feira (20), acusado de assassinar o jovem Antônio Marcos Maia, de 27 anos, no último sábado (15), no estacionamento do condomínio residencial do Jardim Paraíso. Maia chegou a ser socorrido, mas não resistiu ao ferimento. Maia foi socorrido por uma equipe do SAMU e chegou […]

Vítima foi esfaqueada no peito quando tentava defender funcionária do prédio

Da redação

Um soldador de 51 anos foi preso nessa quinta-feira (20), acusado de assassinar o jovem Antônio Marcos Maia, de 27 anos, no último sábado (15), no estacionamento do condomínio residencial do Jardim Paraíso. Maia chegou a ser socorrido, mas não resistiu ao ferimento.

Segundo a Polícia Civil, a equipe do 3º Distrito Policial de Araraquara foi a responsável pela prisão de João Maria Bento, enquanto ele caminhava por uma rua do mesmo bairro depois de se envolver em outra briga. Maia teria sido morto ao tentar defender uma mulher que trabalha no condomínio e que teve um
relacionamento amoroso com o acusado, no passado. No dia do crime, o soldador estaria espancando a mulher e, no momento em que o jovem foi tentar separar a briga, acabou sendo esfaqueado no peito por Bento.

Maia foi socorrido por uma equipe do SAMU e chegou a ser entubado no caminho para a Santa Casa, mas já chegou ao hospital sem vida.

Para o delegado do 3º DP, Dr. Marco Aurélio Barbosa, responsável pelas investigações, o caso está resolvido. O acusado negou a autoria do crime, mas testemunhas afirmaram que foi ele.

Bento foi indiciado pelo homicídio e recolhido à cadeia pública de Santa Ernestina, de onde seria encaminhado para a Penitenciária de Araraquara para cumprir a prisão preventiva.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade