Selecione a página

Sismar denuncia más condições de viaturas da Guarda Municipal em rede social

Comandante da GCM discorda e diz que o problema é a burocracia

José Augusto Chrispim
O Sindicato dos Servidores Municipais de Araraquara e Região (SISMAR) postou em sua página da rede social nessa segunda-feira (20), uma denúncia sobre as más condições em que se encontram as viaturas da Guarda Civil Municipal, que segundo o sindicato, algumas delas, estariam circulando sem a devida documentação e sem placas, além de outras que estariam em péssimo estado de conservação. A postagem também fala sobre a situação dos uniformes dos guardas que estariam velhos e rasgados, e não seriam substituídos há anos.
De acordo com a postagem, foi conferido que as condições precárias das viaturas, além de configurarem infrações de trânsito gravíssimas (sujeitas a multas, perda de pontos na carteira de habilitação e apreensão do veículo), colocam em risco os servidores e prejudicam a eficiência do trabalho da Guarda Municipal.
Comandante discorda
O comandante da GCM, Marcos Roberto da Silva, falando com exclusividade à reportagem do O Imparcial, argumentou que apenas duas viaturas que foram recebidas do Governo Federal estariam sem a documentação necessária para circulação, pois houve um extravio do documento sobre a doação ao governo municipal e, por isso, ainda não foi possível realizar a licença dos dois veículos, modelo VW/Voyage. “É só questão de burocracia, uma autorização foi dada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública para que os veículos sejam usados normalmente enquanto aguardam a regularização da documentação que, inclusive, não tem custo para o município. Eu prefiro muito mais usar as viaturas sem a documentação regularizada do que negar atendimento para a população”, concluiu Silva.
Ainda de acordo com Silva, o problema dos uniformes existe, porém, será regularizado em breve. O dinheiro para a compra dos fardamentos faz parte de uma verba federal de R$ 820 mil que já foi publicada no Diário Oficial da União, mas ainda não foi liberada para Araraquara, por isso, eles ainda não foram substituídos.
Mas, Silva lembra que esforços estão sendo feitos para sanar esse problema e parte do dinheiro arrecadado pelo Fundo Municipal de Trânsito (FUTRAN), será usado para comprar dois fardamentos completos para cada guarda. Os uniformes novos devem ser entregues antes do dia 22 de agosto, quando será realizado o desfile de aniversário da cidade.
Nota da prefeitura
“A Prefeitura prepara o início do processo licitatório para a compra de novos uniformes para a Guarda Municipal. Já a documentação dos veículos está sendo providenciada, enquanto isso, eles transitam com autorização da Secretária Nacional de Segurança Pública. Importante frisar que além dos dois veículos Voyage, a Guarda conta com mais quatro veículos, cinco motos e uma Base de Serviço Comunitário”.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade