Selecione a página

Polícia Civil prende travesti acusada de agredir mulher durante assalto no Yolanda

Da redação A Polícia Civil, através da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Araraquara, prendeu uma travesti de 25 anos na tarde dessa quinta-feira (24), acusada de agredir uma mulher de 33 anos em uma tentativa de assalto ocorrida na manhã da última terça-feira (22). O caso ocorreu em um ponto de ônibus localizado na […]

Vítima foi atacada na cabeça com pedaço de pau em ponto de ônibus

Da redação

A Polícia Civil, através da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Araraquara, prendeu uma travesti de 25 anos na tarde dessa quinta-feira (24), acusada de agredir uma mulher de 33 anos em uma tentativa de assalto ocorrida na manhã da última terça-feira (22). O caso ocorreu em um ponto de ônibus localizado na avenida Alberto Santos Dumont, no bairro Yolanda Ópice.

De acordo com a Polícia, a acusada negou a tentativa de assalto e a agressão, mas foi reconhecida pela vítima que compareceu à delegacia. A travesti que é da cidade de Mirassol e está em Araraquara há cerca de um mês, foi detida na região do Terminal Rodoviário. Ela já havia sido abordada há alguns dias atrás, mas foi liberada.

A acusada que já possuía passagem criminal por roubo, teve a prisão temporária decretada pela Justiça e deve ficar presa por cinco dias na cadeia pública de Santa Ernestina.

O caso

A vítima relatou que aguardava o ônibus para ir a Facira no feriado de 22 de agosto, quando foi abordada pelo que ela pensou ser uma mulher, armada com um pedaço de pau que lhe exigiu que entregasse sua bolsa e seu celular. Como houve a recusa, a acusada a teria agredido na cabeça com o pedaço de madeira e fugido em seguida.

A mulher foi socorrida pelo SAMU e atendida na UPA central.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade