Selecione a página

Mulher é flagrada tentando entrar em presídio com pão recheado com maconha

Da redação Nesse domingo (21), duas visitantes de presos foram flagradas tentando entrar com materiais ilícitos em unidades prisionais da região. Segundo a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), as mulheres foram denunciadas pelo aparelho de scanner com maconha dentro de um pão de forma e cocaína escondida em uma blusa.No Centro de Detenção Provisória (CDP) […]

Duas visitas foram denunciadas pelo scanner corporal tentando passar com drogas

Da redação

 O pão de forma estava recheado com maconhaNesse domingo (21), duas visitantes de presos foram flagradas tentando entrar com materiais ilícitos em unidades prisionais da região. Segundo a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), as mulheres foram denunciadas pelo aparelho de scanner com maconha dentro de um pão de forma e cocaína escondida em uma blusa.
No Centro de Detenção Provisória (CDP) de Bauru, uma mulher teve sua entrada barrada depois que agentes de segurança, ao realizarem a revista em seus pertences, localizaram em meio a um pão de forma, dois invólucros de maconha pesando aproximadamente 15,8 gramas. Os funcionários também encontraram no interior de um doce de goiaba, um fio de estanho – material usado para soldagem.
Já na Penitenciária de Marília, o flagrante ocorreu por volta de 10h, quando o aparelho de scanner corporal identificou um objeto desconhecido na blusa da visitante, irmã de um sentenciado. A mulher acabou confessando que escondia cerca de 152 gramas de cocaína dentro da costura da blusa.
Em ambos os casos, a Polícia Militar foi acionada para lavrar o boletim de ocorrência. Também foi instaurado Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade dos presos que receberiam o entorpecente.
A SAP informa que, visitas flagradas tentando adentrar com objetos ilícitos em unidades prisionais são automaticamente suspensas do rol de visitas.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade