Select Page

Advertisement

Mulher é flagrada tentando entrar em presídio com bolo recheado de maconha



A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) registrou, mais uma vez, a tentativa de entrada de alimentos recheados com entorpecente no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Ribeirão Preto. Dessa vez, um bolo recheado de maconha foi flagrado durante inspeção de agentes de segurança. Outros flagrantes de visitantes tentando entrar em presídios da região portando materiais […]

Mulher é flagrada tentando entrar em presídio com bolo recheado de maconha

Publicidade

Advertisement

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) registrou, mais uma vez, a tentativa de entrada de alimentos recheados com entorpecente no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Ribeirão Preto. Dessa vez, um bolo recheado de maconha foi flagrado durante inspeção de agentes de segurança.

Outros flagrantes de visitantes tentando entrar em presídios da região portando materiais proibidos também foram registrados no último final de semana.

CDP de Ribeirão Preto

No domingo (1), uma mulher, de 52 anos, mãe de detento, foi barrada de entrar no CDP “ASP Nayan Xavier Ribeiro”, em Ribeirão Preto, por esconder droga em alimento. O material foi encontrado no momento em que agentes de segurança faziam a revista nos materiais da mulher e flagraram um bolo de chocolate recheado de maconha.

Já na Penitenciária de Ribeirão Preto, uma visitante confessou ter engolido vários pacotes contendo droga. Ela foi flagrada pelo scanner corporal, que detectou objetos desconhecidos na região abdominal. A mulher, esposa de sentenciado, foi levada para um banheiro e evacuou vários invólucros contendo maconha.

Penitenciária II de Serra Azul

Também no domingo, uma mulher, de 29 anos, foi barrada de entrar na Penitenciária II de Serra Azul por esconder pacotes com maconha dentro de uma marmita. O alimento estava em um vasilhame e a droga estava misturada a pedaços de carne e macarrão, que seriam destinados ao seu marido, recluso na unidade prisional.

Em todos os casos, o plantão policial foi acionado para lavrar boletim de ocorrência. Também foi instaurado Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade dos presos que receberiam os entorpecentes.
A SAP informa que pessoas flagradas tentando adentrar com objetos ilícitos em unidades prisionais são automaticamente suspensas do rol de visitas.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

  • Prestações

Arquivos