Selecione a página

Mandantes da morte de sargento da PM vão a julgamento no Fórum de Araraquara

Os executores do crime já foram condenados no ano passado

Da redação

O sargento PM Simões tinha 36 anos quando foi assassinadoOs dois homens acusados de serem os mandantes do assassinato do sargento da Polícia Militar, Adriano Simões da Silva, de 36 anos, foram julgados no Fórum de Araraquara, nessa terça-feira (23). O crime foi realizado no dia 15 de setembro de 2012, quando o sargento saia do ‘bico’ que fazia como segurança em um supermercado localizado no bairro Parque São Paulo e foi alvejado 18 vezes por dois indivíduos que fugiram em seguida em uma motocicleta.

Na época, a polícia apurou que os suspeitos faziam parte da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) que comandou dezenas de mortes de policiais militares e civis no Estado.

Emerson Cleber, vulgo Kiko, e Márcio Alonso, conhecido como MC, vieram do presídio federal de Campo Grande (MS) escoltados por agentes federais na última segunda-feira (22), e devem permanecer na cidade até hoje (24), quando voltam para a unidade prisional de Campo Grande.

Os acusados de serem os executores do homicídio, os irmãos Elton Luís Iane Esteves e Éder Aparecido Esteves, também foram julgados no Fórum de Araraquara, no dia 28 de novembro de 2017. Eles foram condenados a penas que somaram mais de 50 anos de prisão pelos crimes de homicídio triplamente qualificado, formação de quadrilha e furto qualificado.

Últimos Vídeos

Carregando...

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade