Selecione a página

Irmãos são julgados pelo assassinato de sargento da PM de Araraquara em 2012

O sargento PM foi morto com 18 tiros no momento em que saia do mercado localizado no bairro Parque São Paulo, onde fazia ‘bico’ como segurança. Na época, a polícia apurou que os suspeitos faziam parte da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) que comandou outras dezenas de mortes de policiais no Estado.

Dois irmãos acusados de participação na morte do sargento da Polícia Militar Adriano Simões da Silva, de 36 anos, em setembro de 2012, vão a júri popular hoje, a partir das 9h30, no Fórum de Araraquara. Além de Elton Luís Iane Esteves e Éder Aparecido Esteves, outras 8 pessoas envolvidas no crime serão julgadas nos próximos meses pelos crimes de formação de quadrilha armada para a prática de crimes hediondos e furto qualificado.

O sargento PM foi morto com 18 tiros no momento em que saia do mercado localizado no bairro Parque São Paulo, onde fazia ‘bico’ como segurança. Na época, a polícia apurou que os suspeitos faziam parte da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) que comandou outras dezenas de mortes de policiais no Estado.

Os irmãos responderão pelo crime de homicídio triplamente qualificado. Se forem condenados devem passar muitos anos na cadeia.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade