Select Page

Governador e secretário da Segurança Pública empossam 295 policiais civis



Outros concursos para a Polícia Civil estão em andamento, onde serão contratados mais 2.301 policiais

Da redação
O governador Geraldo Alckmin empossou 295 futuros policiais civis, nessa segunda-feira (29), no Palácio dos Bandeirantes, zona sul da Capital. Os 188 agentes policiais e 107 escrivães foram nomeados no dia 12 e agora seguem para o curso de formação da Academia de Polícia Civil (Acadepol).
Ainda durante o evento, o governador assinou promoção de 178 delegados, que subirão de classe por merecimento e antiguidade. As promoções atingirão todos os níveis de classe – de 3ª para 2ª, de 2ª para 1ª e de 1ª para especial.
Os 295 novos policiais civis são remanescentes de concursos prestados em 2012 e serão contratados em função de vagas autorizadas no ano seguinte pelo governador. O secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, acompanhou Alckmin na cerimônia de posse.
“Todos os senhores sairão daqui, a partir de agora, para o curso da academia, com preparo específico, para que até o final do ano já possam estar auxiliando toda a sociedade paulista no combate à criminalidade”, ressaltou Moraes.
Depois da posse, os futuros agentes e investigadores passarão por três meses de curso de formação na Acadepol. Ao longo dos estudos, terão disciplinas de Criminalística, Direitos Humanos, Técnicas de Abordagem, entre outras.
Após o curso, os policiais realizam estágio supervisionado de 15 dias já em unidades policiais e, depois, se formam para reforçar o efetivo da Polícia Civil.
Reforço de efetivo
O secretário comentou que os investimentos estão dando resultado, já que a polícia vem fazendo grandes investigações, como uma ação que terminou com a apreensão de 14,1 toneladas de maconha, no dia 16. “Uma Polícia Civil competente, inteligente, altamente motivada, com grandes operações e grandes resultados”, disse.
Além das vagas dos empossados, também estão em andamento outros concursos para a Polícia Civil que irão contratar mais 2.301 policiais. Serão 129 delegados, 788 escrivães e 1.384 investigadores para reforçar a instituição.
Para reforçar a Polícia Militar, há processos seletivos que irão preencher 4 mil vagas de soldado de 2ª classe e 240 para alunos oficiais da Academia de Polícia Militar do Barro Branco (APMBB).
O governador autorizou, ainda, mais 1.741 cargos para soldados, que serão abertos em breve. Além disso, 6.362 futuros PMs já estão em formação nas academias da Polícia Militar.
Para a Polícia Técnico-Científica, há concursos em andamento para selecionar 996 policiais – 89 atendentes de necrotério, 447 peritos, 140 médicos legistas, 120 fotógrafos técnico-periciais, 55 desenhistas técnico-periciais e 145 auxiliares de necropsia.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Publicidade

Arquivos