Select Page

Foragido com pena de 34 anos por latrocínio é preso no residencial dos Oitis

A Polícia Militar prendeu dois foragidos do Centro de Progressão Penitenciária “Dr. Alberto Brocchieri”, o CPP-II de Bauru, durante a Operação Saturação realizada na tarde dessa segunda-feira (9) no residencial dos Oitis, no Jardim Iguatemi. Um dos foragidos cumpre pena por vários crimes, inclusive um latrocínio, há 16 anos e ainda tem mais 17 para concluir sua condenação.
De acordo com o subtenente PM Camargo, Willian Donizete Pinto, de 28 anos, e Erick Odair Miszowski, de 35 anos, foram capturados durante uma operação feita nos ‘predinhos’ dos Oitis com a intenção de coibir o tráfico de drogas entre outros crimes frequentes naquela região. Os dois já eram considerados foragidos desde a última segunda-feira (2) quando deveriam ter retornado ao sistema prisional depois de gozarem o benefício do indulto de final de ano, a famosa ‘saidinha’, mas vieram para Araraquara, onde estavam vivendo em um apartamento do residencial junto de suas esposas.
Ainda de acordo com o subtenente, Erick já está preso há 16 anos como parte de uma condenação de 34 anos por vários crimes, inclusive um latrocínio. Ele alegou ser membro da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). Já Willian cumpre pena de 8 anos por tráfico de drogas e já está atrás das grades há 6 anos.
Durante a operação que contou com equipes da Força Tática, Rocam e do Canil da Polícia Militar, onde vários suspeitos foram abordados, os dois foragidos tentaram fugir, mas foram capturados pelos policiais que confirmaram suas condições criminais.
A dupla foi conduzida para o 2º Distrito Policial, onde foi identificada e encaminhada para a cadeia pública de São Carlos.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Arquivos