Selecione a página

Ferroviária vence, mas é eliminada

O placar afeano foi construído com dois gols de pênalti convertidos pelo atacante Caio Mancha e pelo goleiro Tadeu, e um gol de cabeça de Misael. O goleiro afeano ainda defendeu um pênalti de Éder Luís no primeiro, mas o atacante fez o gol de honra do time visitante na etapa complementar.Assim, o Grupo 1 […]

Mirassol e Ponte Preta disputarão a final do Troféu do Interior

Ferroviária fez a lição de casa, mas se despediu do torneio Foto: Beto Boschiero/AFEA Ferroviária fez sua lição de casa neste sábado na Fonte Luminosa ao bater o Red Bull Brasil por 3 a 1, mas o triunfo não foi suficiente para avançar à final do Troféu do Interior.O placar afeano foi construído com dois gols de pênalti convertidos pelo atacante Caio Mancha e pelo goleiro Tadeu, e um gol de cabeça de Misael. O goleiro afeano ainda defendeu um pênalti de Éder Luís no primeiro, mas o atacante fez o gol de honra do time visitante na etapa complementar.Se por um lado a equipe conquistou o resultado que precisava, por outro a rodada não ajudou em nada, uma vez que seus concorrentes à vaga venceram seus jogos. O São Bento venceu a Ponte Preta em Campinas por 3 a 1 e o Mirassol bateu o Ituano em Itu por 2 a 0.Assim, o Grupo 1 terminou com a liderança do Mirassol (6 pontos e 2 gols de saldo), seguido de São Bento (4 pontos e 1 gol de saldo) e Ferroviária (4 pontos e nenhum gol no saldo). Já o Grupo 2 terminou com a Ponte Preta na ponta da tabela (6 pontos), seguida de Ituano (4 pontos) e Red Bull (1). Ponte Preta e Red Bull farão a final que vale uma vaga na Copa do Brasil 2019. Já a Ferroviária, que se despediu da competição, busca reforços visando a disputa da Série D do Brasileiro, que começará em abril.O jogoFerroviária e Red Bull criaram boas chances no primeiro tempo, mas pararam nos goleiros adversários. Quem abriu o placar foi a Locomotiva aos 31 minutos, quando Misael foi derrubado na área e o árbitro assinalou o pênalti, que foi convertido por Caio Mancha.O Red Bull teve a chance de empatar aos 37, quando o árbitro marcou um pênalti em cima de Éder Luís, que foi para a cobrança e parou em uma bela defesa do goleiro Tadeu.No segundo tempo, apesar das boas chances criadas pela Ferroviária, que chegou ao gol foi o Red Bull, com Éder Luís, que recebeu cruzamento rasteiro pela direita e só teve o trabalho de tocar para a rede aos 8 minutos.Aos 25, Daniel Vançan cruzou na medida para Misael cabecear e estufar a rede para a Locomotiva.O gol motivou o time araraquarense a ampliar o placar e o próprio Misael foi derrubado na área aos 31. A pedido da torcida, o goleiro Tadeu foi para a cobrança do pênalti e converteu com categoria, no canto direito do goleiro adversário.Aplaudido pela torcida afeana, o goleiro ainda fez uma defesa espetacular aos 49 minutos do segundo tempo, quando defendeu um chute que foi desviado na defesa. Apesar da vitória, a Ferroviária se despediu do torneio.FICHA TÉCNICAFERROVIÁRIA 3 x 1 RED BULLLocal: Estádio da Fonte Luminosa, Araraquara.Data/horário: Sábado, 24 de março, 19h.Arbitragem: Rodrigo Guarizo Ferreira, auxiliado por Bruno Salgado Rizo e Enderson Emanoel Turbiani.Cartões amarelos: Nininho (Red Bull).Público: 2.332 pagantes.Renda: R$ 14.060,00.Gols: Caio Mancha (31′ do 1T), Misael (25′ do 2T) e Tadeu (34′ do 2T) para a Ferroviária; Éder Luís (8′ do 2T) para o Red Bull Brasil.FERROVIÁRIA – Tadeu; Alisson, Luan, Elton (Élvis) e Daniel Vançan; Caíque, Moacir e Íkaro; Damasceno (Luís Henrique), Caio Mancha (Caio Mancha) e Misael. Técnico: PC Oliveira.RED BULL BRASIL – Júlio César; Thiago Souza, Anderson Marques, Tiago Alves e Rayne (Nininho); André Castro, Thomaz e João Denoni; Claudinho (Deivid), Éder Luís (Aguilar) e Edmilson. Técnico: Ricardo Catalá.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade