Selecione a página

Fenapef divulgará neste domingo a PEC 361 como modelo de eficiência para a PF

Os Agentes Federais estarão participando neste domingo (31) da mobilização democrática que acontecerá em todo o Brasil. De forma apartidária, a mobilização objetiva divulgar a Proposta de Emenda Constitucional – PEC 361, que visa adotar a estrutura de carreira na Polícia Federal nos moldes do FBI americano.Com o slogan #SOMOS TODOS AGENTES contra a corrupção, […]

Os Agentes Federais estarão participando neste domingo (31) da mobilização democrática que acontecerá em todo o Brasil. De forma apartidária, a mobilização objetiva divulgar a Proposta de Emenda Constitucional – PEC 361, que visa adotar a estrutura de carreira na Polícia Federal nos moldes do FBI americano.
Com o slogan #SOMOS TODOS AGENTES contra a corrupção, os policiais federais estarão com trios elétricos no Rio de Janeiro, São Paulo e ainda na cidade de Ribeirão Preto/SP, onde o idealizador da PEC 361, o então Deputado Otoniel Lima, comandará o evento. Em Brasília a participação será com as camisetas e nos três trios que foram os únicos liberados para circular na Esplanada pela organização do evento.
A PEC 361 está em tramitação no Congresso Nacional e visa implantar na Polícia Federal a estrutura de carreira, na qual os cargos são promovidos por critérios de meritocracia e experiência, um modelo de eficiência que é adotado nas melhores polícias do mundo, como é o caso do FBI. A PEC propõe a existência de troncos organizacionais de atividade Policial Federal, divididas por especialidades inerentes às atividades e atribuições dos policiais, tais como: (1) investigativa e judiciária, (2) operacional e administrativa, e (3) técnico e cientifica.
Com a PEC 361 cada policial será aproveitado dentro de sua área de interesse e de formação e especialização, conferindo maior efetividade às ações desencadeadas. Atualmente os chefes de setores de todas as áreas da Polícia Federal, mesmo as que não se referem à investigação pelo inquérito policial, são somente ocupadas por delegados que muitas vezes são recém ingressos no órgão para chefiar o que sequer conhecem, desprezando a expertise dos policiais federais dos demais cargos da carreira policial.
A estrutura de carreira é adotada principalmente no setor privado porque é um modelo eficiente que gera resultados, no qual será o chefe quem tem competência para tanto. Com a estrutura de carreira nas organizações os profissionais têm motivação e se esforçam para o melhor desempenho no seu trabalho e para terem reconhecidas suas competências, podendo ocupar chefias a partir de seus méritos.
“Na Polícia Federal, os policiais federais chegam ao topo da carreira aos treze anos e daí até a sua aposentadoria não vislumbram qualquer horizonte de crescimento profissional. Com a possibilidade de uma porta única de entrada e uma estrutura real de carreira, teremos de volta o perfil policial, onde a vocação é fator preponderante para viver o sonho de ser policial federal. Hoje esses profissionais são subutilizados em suas competências e, sem previsão de reconhecimento profissional através de uma carreira com início, meio e fim, acabam se desestimulando ou mesmo deixando a Polícia Federal. São muitos potenciais que são desperdiçados em detrimento do interesse público, explica o Presidente da Fenapef, Luís Antônio Boudens.”
Nos locais de concentração serão distribuídas camisetas, adesivos e panfletos e também serão colhidas assinaturas em prol da sobre a PEC 361.

Locais de concentração:
Brasília – Praça dos Três Poderes, a partir das 10 horas
Rio de Janeiro: Copacabana, Posto 5, 10 horas
São Paulo – Avenida Paulista com Rua Padre João Manoel, 14 horas
Ribeirão Preto/SP – Avenida 9 de Julho, 09 horas

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade