Selecione a página

Ex-presidiário denuncia sequestro e culpa facção criminosa

Ex-presidiário denuncia sequestro e culpa facção criminosa

Um ex-presidiário, de 36 anos, procurou a polícia no final da manhã de ontem (30) para denunciar um sequestro sofrido por ele na última sexta-feira (27). Ele teria sido mantido em cativeiro por integrantes de uma facção criminosa durante um acerto de contas.
Segundo a Polícia Militar, o rapaz declarou que por volta de 15h30 da última sexta-feira (27), sua casa teria sido invadida por um grupo de aproximadamente 16 pessoas que o colocaram no porta-malas de um veículo VW/Golf, de cor prata, no qual ele foi levado para uma chácara em Ribeirão Preto. Uma caminhonete preta teria escoltado o carro durante todo o percurso.
Ainda de acordo com o ex-detento, na madrugada de sábado (28), ele teria sido trazido de volta para Araraquara, onde foi deixado amarrado na casa de um dos criminosos, localizada no Jardim Selmi Dei. Ele teria sido espancando no local e depois levado para uma casa no Jardim Maria Luiza, onde ficou sob a escolta de outro integrante da facção criminosa até às 6 horas do sábado (28), quando conseguiu fugir depois de golpear um dos homens com uma garrafa.
Ele ficou escondido durante o final de semana antes de comunicar a Polícia Militar e apontar os locais onde foi mantido em cativeiro. Policiais militares e civis fizeram buscas nas residências indicadas por ele e localizaram porções de drogas, uma balança de precisão, além de uma corda e uma bermuda suja de sangue.
O rapaz havia saído da penitenciária local há apenas cinco dias, onde cumpriu pena por roubos, homicídio e tráfico de drogas.
O caso está sendo investigado pela Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) de Araraquara. Os suspeitos ainda não foram localizados.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade