Selecione a página

Estado firma convênios com municípios para redução de vítimas do trânsito

Objetivo é reduzir pela metade as vítimas fatais em acidentes de trânsito até 2020

Da redação
O governador Geraldo Alckmin lançou nesta semana, o INFOSIGA SP – Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo. O relatório será publicado mensalmente e trará dados sobre acidentes e óbitos em consequência de ocorrências no trânsito em todo o estado. Alckmin também assinou convênios com 15 municípios para execução de ações voltadas à segurança no trânsito dentro das cidades. Estas são iniciativas do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, lançado pelo Governo de São Paulo em agosto de 2015, que tem como principal objetivo reduzir pela metade as vítimas fatais em acidentes de trânsito até 2020. O programa é inspirado na “Década de Ação Pela Segurança Viária”, período de 2011 a 2020, estabelecido pela Organização das Nações Unidas, chamando atenção para a questão da violência no trânsito.
A partir da publicação, referente ao mês de janeiro de 2016, o Governo publicará todo dia 19 de cada mês, o relatório referente aos acidentes e óbitos do mês anterior. Essas informações estarão disponíveis na internet, no endereço www.segurancanotransito.sp.gov.br.com informações de todos os 645 municípios do estado de São Paulo. O relatório apresenta faixa etária, gênero da vítima, perfil do acidente e tipo do veículo. O INFOSIGA SP surge como uma importante ferramenta para mapear os acidentes e óbitos no trânsito e fornecer subsídios para que o Movimento Paulista de Segurança no Trânsito possa elaborar e desenvolver políticas públicas e ações para reduzir pela metade as vítimas fatais nos acidentes de trânsito, no estado, até 2020.
Convênios
Serão cerca de R$ 10,5 milhões de recursos do Estado para serem investidos nos municípios em iniciativas voltadas para fiscalização, sinalização e educação no trânsito nestes municípios prioritários. O objetivo é que as iniciativas bem-sucedidas sirvam de modelo para outras cidades e possam ser replicadas.
Os 15 municípios escolhidos são: Amparo, Atibaia, Barretos, Catanduva, Fernandópolis, Itanhaém, Jacareí, Piedade, Praia Grande, Registro, Ribeirão Preto, São Carlos, São José do Rio Preto, São Roque e Sorocaba.
Foram considerados municípios integrantes do Sistema Nacional de Trânsito, com números médios superiores a 15 óbitos, no período de 2011 a 2013. A partir desses critérios, foram tomados os três municípios com maior taxa de óbitos por 100 mil habitantes de cada faixa populacional (até 100 mil habitantes, até 200 mil, até 400 mil e acima de 400 mil), além de três municípios com média superior a 15 óbitos baseados no ranking estadual.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade