Selecione a página

Dupla faz 7 reféns em assalto a imobiliária no Centro

Polícia Militar prendeu um acusado de 19 anos a poucas quadras do local do crime

José Augusto Chrispim

Dois homens armados assaltaram uma imobiliária localizada na rua Humaitá, na região central, por volta de 15h30 de ontem (8).

Segundo um funcionário da imobiliária, os dois indivíduos entraram no local já com a arma em punho e anunciaram o assalto. “Enquanto o que estava armado mantinha sete funcionários como reféns na recepção, o outro entrou na sala do proprietário a procura de objetos de valor,” contou Rodrigo, de 40 anos, com exclusividade à reportagem de O Imparcial.

Antes de sair da imobiliária, os meliantes obrigaram os funcionários a ficarem fechados em uma sala e avisaram que se saíssem eles atirariam contra eles. Rodrigo contou que os meliantes monitoravam a frequência da Polícia Militar em rádio HT, durante o assalto.

Os meliantes saíram da imobiliária levando dois computadores portáteis, sete celulares, documentos, R$ 2.046,00 em dinheiro e um cheque no valor de R$ 1.700,00.

Segundo o sargento PM Camargo, um médico morador próximo do local do crime, viu os meliantes entrarem em um veículo GM/Omega, de cor azul, com placas de Araraquara, em atitudes suspeitas e chamou a polícia. Várias viaturas da Polícia Militar cercaram a região do crime rapidamente e como os meliantes monitoravam as conversas via rádio dos policiais, resolveram abandonar o veículo na esquina da rua Expedicionários do Brasil com a avenida Barroso e fugir a pé.

A Polícia Militar abordou André Luiz Galvão de Souza, de 19 anos, pela rua Expedicionários do Brasil próximo da avenida Portugal. Com ele foram encontrados os R$ 2.046,00 em dinheiro, os cheques, um computador portátil e um celular.

A arma usada no crime, um revólver calibre 38, que estava com a numeração raspada, foi abandonado pela dupla no interior do Omega. Um chaveiro foi chamado pela polícia para abrir o Omega, que foi vistoriado, mas nada de ilícito foi encontrado em seu interior além da arma.

Testemunhas disseram ter visto o outro suspeito entrando em um circular. A polícia não encontrou o outro meliante que fugiu levando sete celulares e um computador portátil.

André foi levado para a Delegacia de Plantão, onde foi autuado por assalto a mão armada e em seguida conduzido para a cadeia pública de São Carlos.

As vítimas foram levadas até a Delegacia de Plantão, onde reconheceram o acusado e através do álbum de fotos da polícia, reconheceram o outro acusado que está foragido.

O veículo abandonado pela dupla foi apreendido pela polícia.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade