Selecione a página

Delegado especialista em drogas elogia estrutura social da cidade

Delegado especialista em drogas elogia estrutura social da cidade

O delegado aposentado Reinaldo Corrêa, do Departamento de Narcóticos, setor de prevenção e educação, elogiou a estrutura social da rede municipal de Araraquara ao final do curso de agentes multiplicadores de prevenção ao uso nocivo de drogas, realizado nessa sexta-feira (12), no auditório da Unip.
“Conhecemos bem a cidade e o trabalho desenvolvido pela Secretaria de Assistência Social. Há 4 anos participo em Araraquara de eventos educativos do Conselho Municipal Antidrogas (Comad)”, afirmou Correa que ministrou palestra sobre Drogas no Cotidiano.
O palestrante abordou os efeitos noviços das drogas ilícitas e lícitas, citou experiências em plantões nas delegacias em que atuou na Grande São Paulo, o avanço das drogas entre o público jovem, principalmente entre as mulheres, e mostrou estatísticas com o Brasil na terceira posição entre os maiores fabricantes de cerveja, sendo superado pela China e Estados Unidos, esses com maior número de habitantes em relação aos brasileiros. “Hoje, de cada dez dependentes alcoólicos, quatro são mulheres”, enfatizou.
Corrêa também foi homenageado pelos relevantes serviços prestados ao Município e recebeu um cartão de prata entregue pelo secretário da Assistência e Desenvolvimento Social, José Carlos Porsani. “Em nome do prefeito Marcelo Barbieri, nossa gratidão pelo apoio, dedicação e conhecimentos transmitidos aos cursos e campanhas de combate às drogas em nosso País”, afirmou Porsani.
O presidente do Comad, Márcio Servino, avaliou positivamente a 4ª edição da formação de novos 300 agentes multiplicadores de prevenção às drogas, que teve início na segunda-feira (8). “Uma semana produtiva em que debatemos com 15 cidades da região os problemas causados pelo álcool, tabaco e drogas ao lado de especialistas do Denarc. Conseguimos importantes avanços, principalmente com a formação de novos agentes de órgãos públicos, entidades sociais, igrejas e de comunidades”, resumiu o presidente.
O sargento da Polícia Militar Rogério Figueiredo, de Santa Lúcia, ressaltou a importância do curso que alia teoria e prática. “Nós já temos conhecimento da legislação e agora aprendemos mais sobre o dia a dia do usuário de drogas e vamos multiplicar o aprendizado na Polícia Militar”, relatou o sargento.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade