Select Page

Corpos de vítimas de acidente são velados em ginásio de esportes de Borborema



Acidente entre carreta e ônibus de estudantes deixou 11 mortos e 24 feridos

Da redação

Os corpos das 11 vítimas fatais do acidente entre um ônibus que levava estudantes de uma escola de Borborema e um caminhão-tanque, ocorrido na rodovia Leônidas Pacheco Ferreira (SP-304), em Ibitinga, na noite dessa segunda-feira (27), foram velados no ginásio municipal de Borborema. No local, duas mil pessoas aguardavam a chegada dos corpos na tarde de ontem (28).
Os corpos de 9 vítimas chegaram por volta de 17h15, já o corpo do jovem José Vinicius Anzolin, que foi carbonizado, chegou por volta de 20h. O corpo da professora Rosineide Aparecida Casetta Monteira foi levado para a cidade de Itápolis. O sepultamento coletivo está marcado para as 10h desta quarta-feira (29).
O proprietário da funerária Sinsef, Syndval Walney Salvador, relatou que os corpos chegaram à Araraquara por volta de 9h30 e foram liberados por volta de 15h dessa terça-feira (28). Segundo ele, muitos técnicos trabalharam na reparação facial das vítimas, porém oito seriam veladas em caixões lacrados. Os corpos foram periciados no Instituto Médico Legal (IML) de Araraquara.

O acidente
Estudantes e professores da Escola Estadual Dom Gastão Liberal Pinto, que fica em Borborema, voltavam de uma viagem turística a São Paulo quando o acidente ocorreu. Por volta de 21h30, quando o ônibus das vítimas seguia pelo quilômetro 370 da rodovia Leônidas Pacheco Ferreira (SP-304), foi atingido por uma carreta, carregada de óleo vegetal, no trecho entre Ibitinga e Borborema.
A lateral do ônibus foi arrancada e com a força do impacto os passageiros foram arremessados na estrada e morreram no local. Em seguida, a carreta se incendiou e foi consumida pelo fogo.
Três professoras e sete estudantes da escola Dom Gastão morreram no acidente, além da diretora da Escola Municipal Ana Rosa, que acompanhava seus dois filhos na viagem. Entre os 24 feridos no acidente, três permanecem internados em estado grave e sete em estado estável – entre eles o motorista do caminhão.
A Polícia Rodoviária interditou uma das faixas da rodovia, que é de mão dupla, durante toda a manhã de ontem para a remoção dos veículos e limpeza do asfalto.

Nota da Jabotur
A empresa de ônibus Jabotur informou que ainda apura as circunstâncias do acidente e só depois deverá se manifestar oficialmente.

Nota da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo lamenta profundamente o grave acidente registrado na noite desta segunda-feira (27), que vitimou estudantes e funcionários da Escola Estadual Dom Gastão Liberal Pinto, de Borborema, quando voltavam de uma excursão à Sala São Paulo, na capital do Estado. O veículo que transportava os passageiros pertence a uma empresa contratada pela Diretoria Regional de Ensino de Taquaritinga. Estão confirmadas as mortes de 11 pessoas (sete alunos, três professoras e uma mãe de aluno). Outros 24 feridos no acidente foram encaminhados às Santas Casas de Borborema e de Ibitinga, e representantes da Secretaria na região foram destacados para acompanhar os atendimentos. A Polícia Militar e o serviço de atendimento de emergência estiveram no local durante toda a noite realizando o resgate. O secretário da Educação do Estado, Herman Voorwald, já se deslocou da capital para a cidade.
A Prefeitura de Borborema decretou luto oficial de três dias.

Nota do DER
O DER (Departamento de Estradas de Rodagem) divulgou nota oficial em que diz lamentar profundamente o acidente ocorrido na madrugada desta terça-feira.
Segundo o órgão, “é importante ressaltar que a rodovia encontra-se bem sinalizada, atendendo às determinações do CONTRAN – Conselho Nacional de Trânsito, com placas indicando obras em andamento na pista a cada 5 quilômetros. Há também placas determinando o limite de velocidade para 60 km/h. O DER implantou ainda sinalização solicitando aos motoristas que respeitem às placas da via.”
O departamento informa que a Polícia Civil está investigando o acidente.

Nota de pesar da Prefeitura de Araraquara
O prefeito Marcelo Barbieri prestou solidariedade às famílias das vítimas do grave acidente ocorrido com alunos e professores da Escola Estadual Dom Gastão Liberal Pinto e da Escola Municipal Ana Rosa de Borborema, na noite de segunda-feira (27), próximo a Ibitinga.
Como presidente da Aprec – Associação dos Prefeitos da Região Central do Estado, Marcelo lamentou a tragédia e disponibilizou todo auxílio necessário aos familiares das vítimas. Marcelo ligou para o prefeito de Borborema, Virgílio do Amaral Filho, e colocou-se à disposição para auxiliar nos trâmites necessários, já que algumas vítimas foram identificadas no IML de Araraquara.
Marcelo manifestou seus profundos sentimentos de solidariedade à família, amigos das vítimas e à cidade de Borborema.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

  • Culpado

Publicidade

Arquivos