Select Page

Araraquarenses reclamam da falta de policiamento

Ex-militar que não quis se identificar mostra o local por onde o tarado observava as alunas na quadraTexto e fotos
José AC Silva

A população tem reclamado da falta de policiamento nas escolas e no trânsito, muitos motoristas dirigem embriagados, em menos de 4 dias houve 2 mortes na avenida Maurício Galli.

Ontem, a reportagem do Imparcial esteve conversando com o pai de uma aluna da escola João Manoel do Amaral, que não quis se identificar. Ele flagrou na semana passada no portão lateral da escola, que tem um recorte para por cadeado, um homem de aproximadamente 22 anos, com o órgão genital de fora se masturbando, olhando por aquele recorte as meninas fazendo ginástica na quadra da escola.

Este cidadão, que pediu para não ter revelado o seu nome na matéria, tentou pegar o tarado, que saiu correndo. Ele é ex-militar que saiu de São Paulo, vindo para o interior a fim de paz, abrindo um comércio no município, reclamou da falta de policiamento na cidade.

Domingo foi enterrado um jovem de 16 anos, por overdose de uma substância que não foi revelada. E. estudava no Letícia e havia saído de uma clínica de recuperação recentemente. A mãe do adolescente preferiu não falar sobre o assunto. No velório, realizado pela Fonteri, os amigos choraram pela perda. A escola não quis falar sobre o assunto porque a morte não ocorreu no estabelecimento de ensino. Até quando vamos ficar sem guardas nas escolas e no trânsito?

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

  • Ofensas

Arquivos