Selecione a página

Prefeituras demitem e cancelam contratos

Prefeituras das principais cidades da região como: Araraquara, Ribeirão Preto e São Carlos começaram a demitir servidores comissionados e rescindir contratos depois da crise financeira atingir serviços públicos

José A C Silva

O que estamos assistindo é a desestabilização das principais prefeituras do país – efeito dominó -, o prefeito Marcelo Barbieri (PMDB) tem liderado na região a cobrança do governo federal em relação ao aumento do repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). As prefeituras estão endividadas e argumentam que houve redução nos repasses de impostos. Contrato com terceirizadas estão sendo cortados, merendas estadual e municipal também sofrem cortes, a crise nas Santas Casas se agrava por falta de repasses dos governos. Além da queda na arrecadação de impostos, os municípios tiveram bloqueados no mês passado o repasse de tributos dos governos federal e estadual por causa de dívidas com a União. A indústria automobilística já começou a dar férias coletivas, linha branca e todos setores da indústria estão afetados. Outro agravante é o setor energético em geral que vai sofrer aumentos, inflacionando ainda mais a indústria. A população que não tem mais como pagar tantos impostos vai ser arroxada ainda mais, principalmente depois das eleições. Parece que o Brasil, não vai mais ficar entre os três países emergentes em crescimento, alguns especialistas na área de economia, apostam que o Brasil está entrando em depressão – comparando ao que aconteceu aos Estados Unidos em 1929. Imagine como vão ficar os cofres do país depois das eleições, os políticos não estão conseguindo ajuda da indústria nas campanhas políticas, é lógico que o dinheiro de campanha de algum lugar tem que sair.

Praça de pedágio
Por causa do preço abusivo praticado pela operadora na Rodovia Washington Luís, no trecho Araraquara Matão, os motoristas optam pela vicinal de Bueno de Andrada, congestionando o pedágio. A prefeitura de Araraquara, tem feito algumas mudanças no local que estão na fase de conclusão. Devido aos cortes de despesas, a praça de pedágio em Araraquara tem ficado sem segurança armada, trabalhadores do ‘pedágio da coxinha’ chegaram a abrir as cancelas na última semana por causa da falta de segurança.

Telefones cortados
A semana passada a prefeitura ficou sem telefone, ontem foi a vez do 4º DP, a delegacia fica perto da Cutrale. O número 3333-6690 é pago pelo executivo. Mediante falta de receita os pagamentos da área de telefonia ficaram atrasados fazendo que o serviço seja cortado.

Cargos
O prefeito Marcelo Barbieri deve anunciar nos próximos dias um novo pacote de redução de gastos. A informação ainda não foi confirmada, mas já corre pela prefeitura a notícia de que cem comissionados devem ser exonerados. Além disso, haverá um enxugamento no número de secretarias. Quatro ou cinco pastas devem ser extintas, além das subprefeituras. Podendo usar medidas que já foram adotadas em outras ocasiões, secretários deverão ser renomeados como coordenadores – ganhando um salário menor. Sexta-feira, deve ser publicada a relação de comissionados cortados.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade