Selecione a página

Painel Político de sexta-feira, 13 de setembro

Painel Político de sexta-feira, 13 de setembro

Campanha de filiações

Visitando a redação do jornal O Imparcial na última quarta-feira (11), o coordenador regional do PTB, Luiz Alberto Piva, anunciou que o partido re aliza no próximo sábado (14), uma inédita campanha simultânea de filiações em todo o Estado. De acordo com Piva, o ato é inédito na história da agremiação, que em Araraquara trabalha forte para montar uma “robusta chapa de candidato à vereança”, segundo as palavras do coordenador, visando conseguir pelo menos duas cadeiras na Câmara Municipal nas eleições do próximo ano.

Meta é eleger mais vereadores e prefeitos

De acordo com o documento divulgado por Piva, em razão do lançamento de campanha de filiações, o PTB vai realizar simultaneamente 645 eventos em todo o Estado, no próximo sábado (14). Os eventos acontecerão a partir das 10 horas da manhã. O presidente estadual e secretário-geral nacional do PTB, deputado Campos Machado, destacou “o ineditismo de um ato tão grandioso ocorrer em todo o Estado e ao mesmo tempo e completou dizendo que, após profunda reestruturação, “o PTB está muito fortalecido e tenho certeza de que seremos novamente, em 2020, o partido que mais vai crescer em número de prefeitos, vices e vereadores”.

 

Buscando união

“Além de ser a mais forte, nossa militância é a mais unida”, destacou Campos Machado no documento, ao falar de ato que ocorrerá simultaneamente em 645 diretórios do partido. A ideia é filiar milhares de lideranças, neste sábado (14). Subscrito pelo próprio Campos Machado, o informativo faz menção direta aos cerca de 350 mil filiados do partido, “que fizeram dele o grande vencedor das eleições municipais de 2016”, destaca. Naquele pleito, o PTB cresceu 25%, elegendo 170 prefeitos e vice-prefeitos, além de 600 vereadores, em todo o Estado de São Paulo. A campanha deste sábado prevê também a instalação de outdoors em diversas cidades e rodovias do Estado.

 

Sem políticos tradicionais

Presidido em Araraquara pelo Sargento Francelino, o PTB se organiza pelos bastidores organizando uma chapa de pré-candidatos sem a presença de políticos tradicionais. A aposta é alta, até porque montar um grupo integrado basicamente por pessoas sem histórico de ligação com a política tradicional exige muito conhecimento, visto que aquele cidadão que nunca disputou um pleito vai para as urnas ‘zerado’. Ou seja: ele sai do zero. Por outro lado, nomes que já participaram de algum processo eleitoral no passado, além de já terem a experiência da disputa, também contam com a confiança de pelo menos aquela parcela do eleitorado que um dia já lhe confiou seu voto. O desafio do PTB local é mesclar as duas coisas: gente com potencial de voto, mas sem histórico na política tradicional.

 

2020: MDB determinado a fazer oposição a Edinho

O MDB, de Marcelo Barbieri, parece já estar olhando com bastante atenção para as eleições de 2020, e os últimos movimentos dos emedebistas parecem muito bem coordenados e pensados. Uma das principais ações da agremiação a partir de agora, e isso não parece ter volta, é que todos no partido, com ou sem mandato (mas principalmente aqueles com mandato) devem se posicionar na oposição ao prefeito Edinho Silva (PT) e sua administração. O partido deixou claro que vai demarcar território e desfraldar bandeiras.

 

Tolerância zero

Há pouco mais de um mês aconteceu na Câmara Municipal, com cobertura especial do O Imparcial, a convenção do MDB que reconduziu o ex-vereador Aloizio Brás à presidência do partido na cidade. Grande nome da agremiação, Barbieri centralizou as ações, tomou a palavra e fez duro discurso contra a administração petista, criticando algumas de suas realizações, mas principalmente seu modelo de governo. Barbieri foi especialmente duro ao falar do projeto da Prefeitura que trata dos Lotes Urbanizados. O ex-prefeito afirmou com todas as palavras que era frontalmente contrário ao projeto que, segundo ele, pode transformar pontos da cidade em “verdadeiras favelas”. A Prefeitura contestou a avaliação e o projeto seguiu adiante na Câmara, recebendo inclusive voto favorável do vereador emedebista Magal, o que irritou profundamente o partido.

 

Deve sair mesmo

Ainda sobre o assunto, a redação do O Imparcial foi contatada nas últimas horas (em off) por fonte ligada ao MDB, de Marcelo Barbieri, dando conta de que a situação do vereador Magal Verri no partido é praticamente irreversível. Ele deve mesmo “sair” do partido. De acordo com a fonte, o próprio Barbieri teria defendido o encaminhamento do nome do vereador ao Conselho de Ética, que pode determinar a expulsão de Magal até o final do mês de setembro. A fonte afirmou ainda que Barbieri teria dito ao próprio Magal que se ele não mudasse de postura “seria expulso do MDB e, assim, seria mais fácil sua ida para outro partido”….

 

Até o final do mês

Falando à coluna nessa quinta-feira (12), o presidente do Conselho de Ética do MDB, Dr. Delorges Mano, afirmou ainda aguardar a notificação do caso. Segundo o advogado, somente depois disso é que será dado encaminhamento ao processo que vai julgar a conduta do vereador. “Isso está previsto no estatuto do partido e tudo será feito de acordo com ele”, disse. Delorges ressaltou ainda que “…o Cabo Magal vai ter todo o direito a ampla defesa e ao contraditório e que todo o processo transcorrerá de forma democrática como sempre foi a postura do MDB”. Ele disse esperar ter tudo resolvido até o final do mês.

 

 

Velhos gabinetes e novos ares

A coluna apurou pelos bastidores da cidade que pelo menos três vereadores estão procurando abrigo em outras agremiações para a disputa eleitoral de 2020. Um deles já teria conversado com ao menos dois presidentes de partidos buscando aproximação e sondando o ambiente. E ao que consta, um desses presidentes teria sinalizado negativamente a tentativa de namoro. Em tempo: nenhum desses vereadores está envolvido em imbróglios públicos. Ou seja: a movimentação visa mesmo ter melhores chances de eleição no ano que vem e a coisa toda acontece de forma silenciosa…..

 

A coluna avisou

As movimentações não são novidade. A coluna, aliás, já tinha antecipado a tese de que as novas regras eleitorais beneficiam os partidos com maior estrutura e detentores de quadros já consolidados no processo político da cidade. Quem tem dinheiro do fundo partidário, um time forte e já testado nas urnas sai na frente e não vai deixar muito espaço para quem não tem. É essa conta que está deixando muita gente sem cabelos por aí…

 

Kiko Luiz na redação do O Imparcial

Quem visitou a redação do O Imparcial na última quarta-feira (11), foi nosso amigo de longa data, o jornalista e mestre de cerimônias, Francisco Luiz Salvador, mais conhecido como “Kikão” ou Kiko Luiz. Kikão faz parte da história de Araraquara e, sobretudo, da comunidade negra. Propagador dos direitos dos negros e defensor da igualdade racial, os esforços do jornalista foram reconhecidos publicamente recentemente em homenagem na Câmara Municipal. Kiko recebeu o Diploma de Honra ao Mérito em propositura da vereadora Thainara Faria (PT). Merecida homenagem a um dos homens mais íntegros e retos que já passaram pelas redações e órgãos de imprensa da cidade. Kikão é um grande exemplo de vida e honestidade. Gratos por sua visita, amigo. A casa é sua!

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade