Selecione a página

Irmã Cida recebe título de Cidadã Araraquarense na Câmara Municipal

A homenageada, Aparecida dos Santos, é umas das coordenadoras do Lar Nossa Senhora das Mercês

Irmã Cida recebe título de Cidadã Araraquarense na Câmara Municipal

Uma vida dedicada a amar o próximo. Essa é Aparecida dos Santos, a Irmã Cida, uma das coordenadoras do Centro de Convivência da Criança e do Adolescente “Nossa Senhora das Mercês”, que recebeu o título de Cidadã Araraquarense da Câmara Municipal após indicação da vereadora Thainara Faria (PT).

O prefeito Edinho participou da sessão solene de entrega da homenagem, realizada pela Câmara na própria sede do trabalho social realizado pelas Irmãs Franciscanas da Imaculada Conceição, no Jardim São Rafael 2. O evento integrou as atividades da 1ª Semana Municipal de Proteção dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Edinho destacou que Irmã Cida dedicou sua vida às pessoas mais vulneráveis. “A história da Irmã Cida é muito bonita. Uma pessoa que fez a escolha de se dedicar para ajudar o próximo. Seu caráter e sua capacidade de liderança fazem com que muitas pessoas se movam pelas suas palavras e seus exemplos. Irmã Cida escolheu viver a humanidade e a santidade da vocação franciscana. Escolheu ficar ao lado dos pequeninos e dos mais vulneráveis. Irmã Cida é um exemplo para todos nós”, afirmou o prefeito.

A autora da homenagem, Thainara Faria, também reforçou que Irmã Cida “abre mão da vida dela para cuidar do próximo”. “Estamos tentando reconhecer um pouco do que você faz em Araraquara. Espero que as pessoas se espelhem em você, que deixa os ganhos pessoais para cuidar do coletivo. Muito obrigada por tudo o que representa para nós”, declarou a vereadora.

Ainda estiveram no evento o vereador Roger Mendes (Progressistas); secretários e coordenadores municipais; a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Cidinha Silva; a presidente da Sociedade de Educação e Promoção Social Imaculada Conceição, madre Marlene da Silva; o padre da Paróquia São Francisco de Assis, João Orlando Cavalcante de Souza; o presidente do Comcriar (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), Alexandre Machado; a vice-presidente da Comissão de Infância e Juventude da OAB Araraquara (5ª subseção), Rafaela Milani; entre outras autoridades e lideranças.

Perto de quem precisa

Nascida em Pirangi (SP), Aparecida dos Santos dedicou sua vida ao cuidado de crianças e adolescentes, parte delas rejeitada pelo próprio núcleo familiar. Irmã Cida chegou a Araraquara em 1999 para coordenar o Lar Nossa Senhora das Mercês, que funcionava no Centro desde 1944 e atendia apenas meninas.

Em 2017, após 72 anos, o trabalho social deixou o Centro e se mudou para atender a região norte, que passou por grande crescimento populacional.

“A cidade foi crescendo e a entidade foi ficando no Centro, longe das pessoas que necessitam. A situação nos fez repensar o espaço físico em que estávamos. Quem nos procurava muito era o pessoal desta região. Nós pensamos que esta área seria onde deveríamos nos situar”, disse Irmã Cida no evento de inauguração do novo espaço.

Atualmente, o Centro de Convivência da Criança e do Adolescente “Nossa Senhora das Mercês” atende cerca de 140 crianças e adolescentes de ambos os sexos (60% do sexo feminino), de segunda a sexta-feira, no contraturno escolar.

Os objetivos são o fortalecimento das relações familiares e comunitárias, o acesso a informações sobre direitos e participação cidadã e a oportunidade de acesso a manifestações artísticas, culturais, esportivas e de lazer. A Prefeitura é parceira da entidade por meio das secretarias municipais de Esportes e Lazer, Cultura e Educação.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade