Select Page

Inflação na construção civil acelera em abril, diz FGV



Os custos da mão de obra subiram 1,16% neste mês

Até abril, o INCC-M acumula alta de 1,96% em 2011 e de 7,01% nos últimos 12 meses.A inflação na construção civil ganhou força em abril, segundo dado divulgado ontem pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). O Índice Nacional de Custo da Construção – Mercado (INCC-M), que mede a evolução de preços no setor, subiu 0,75% neste mês, o que indica uma aceleração ante a taxa de 0,44% registrada em março. Até abril, o INCC-M acumula alta de 1,96% em 2011 e de 7,01% nos últimos 12 meses.

Ao detalhar o desempenho do indicador, a FGV informou que os preços de materiais, equipamentos e serviços subiram 0,36% em abril. Em março, a inflação deste segmento foi mais intensa, de 0,60%. Já os custos da mão de obra subiram 1,16% neste mês, bem acima da taxa de 0,27% apurada em março.

Entre as categorias pesquisadas para cálculo do indicador, a FGV informou que as elevações de preço mais significativas foram apuradas em ajudante especializado (1%), servente (1,17%), pedreiro (1,41%), carpinteiro (1,19%) e engenheiro (1,24%). As mais expressivas quedas foram registradas em condutores elétricos (-2,11%), impermeabilizante (-1,64%), compensados (-0,52%), rodapé de madeira (-0,76%) e argamassa (-0,06%).

O cálculo do INCC-M foi baseado em preços coletados entre os dias 21 do mês anterior e 20 do mês de referência. O INCC-M representa 10% do Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M).

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Arquivos