Selecione a página

Gavião Peixoto – Produtos químicos combatem caramujos

A Secretaria de Saúde de Gavião Peixoto, através do Controle de Endemias, está utilizando na cidade há alguns meses um produto químico para auxiliar no combate dos caramujos africanos e os resultados tem sido positivos.

A Secretaria de Saúde de Gavião Peixoto, através do Controle de Endemias, está utilizando na cidade há alguns meses um produto químico para auxiliar no combate dos caramujos africanos e os resultados tem sido positivos.

Ailton Moreira, agente fiscal, explica que o produto importado, conhecido como iscas, tem auxiliado no combate ao molusco que devasta plantações e pode transmitir doenças. “Temos aplicado a isca nos pontos críticos do município e controlamos a infestação. Também temos orientado a população a manter os terrenos limpos e a retirar mecanicamente o material, seguindo os cuidados. Apesar de algumas sugestões incomuns, o município já encontrou a solução para acabar com o problema”, conta,

Com as chuvas e umidade novos caramujos aparecem. “Porém esta isca é adequada e mesmo após a chuva mantém o efeito. Porém se o proprietário do terreno não mantém o local limpo, sem dúvidas o molusco retorna para aquele habitat. O ponto mais crítico está nas quadras centrais do município. Para que o produto tenha efeito, é necessário realizar a limpeza, assim retira alimento e proteção do animal, isolamos a área com cal, e oferecemos o produto como alimento. Estamos realizando o trabalho com planejamento”, conta.

De acordo com José Roberto Borato, secretário da pasta, em Gavião, o Metarex já está sendo utilizado com sucesso. “Está será uma das soluções contra lesmas e caramujos, pois o produto não dissolve com as chuvas. O molusco come o produto e seca, mais ainda sim terá que ser realizado a retirada manual, pois a casca acumula água, pois também estamos em uma luta contra a dengue”, finaliza.

O caramujo africano pode transmitir doenças para o homem e animais, tanto pela gosma como pelo próprio molusco. Portanto, verduras frutas e legumes, devem ser sempre bem lavados e o animal não deve ser manipulado sem proteção, pois o simples contato pode causar o contágio. A cada dois meses, um caramujo pode soltar mais de 200 ovos.

Moluscos comem o produto

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade