Selecione a página

Feirão da Casa Própria no Rio oferece 48 mil imóveis

A classe média está investindo pesado em imóveis

A classe média está investindo pesado em imóveisRio de Janeiro – A sétima edição do Feirão da Casa Própria da Caixa Econômica Federal no Rio de Janeiro foi aberta sexta-feira com a oferta de 48.580 unidades habitacionais. O evento, que também acontece em mais 13 cidades brasileiras, reúne 76 construtoras e 52 imobiliárias no Rio-centro, na zona oeste do Rio.

A expectativa dos organizadores é que 90 mil pessoas compareçam ao Riocentro nos três dias de feirão. É esperado fechamento de 8,5 mil compras de imóveis, no valor de R$ 1,2 bilhão.

Em média, os imóveis oferecidos pelo feirão no Grande Rio custam R$ 150 mil, mas é possível encontrar casas e apartamentos em valores que variam de R$ 50 mil a R$ 3 milhões. Segundo a Caixa, a ideia é reunir em um só espaço construtoras, imobiliárias e técnicos do banco, o que poupa tempo e dinheiro para o consumidor.

O Feirão já foi realizado em cinco cidades no final de semana passado (São Paulo, Fortaleza, Salvador, Curitiba e Uberlândia). Neste fim de semana, o evento ocorre no Rio de Janeiro, em Brasília, Belo Horizonte, Recife, Porto Alegre e Campinas. Entre os dias 3 e 5 de junho, é a vez de Belém, e entre os dias 10 e 12, de Florianópolis.

Segundo o presidente da Caixa, Jorge Hereda, nos feirões das cinco primeiras cidades, o número de negócios fechados foi 18% maior que no ano passado. “O feirão mostra para as pessoas, principalmente, que é possível ter acesso ao financiamento habitacional. Tem muita gente que acha: ‘ganho três, quatro salários mínimos, não vou ter condição de ter acesso a um financiamento’. Quando ele vem ao feirão e ele verifica que é possível tirar uma carta de crédito, acho que isso aumenta o interesse da pessoa e também propicia a oportunidade de aumentar a contratação [de financiamentos]”, disse.

Os juros oferecidos para o financiamento no feirão variam de 4,5% a 13,5%, com prestações decrescentes e prazo de pagamento de até 30 anos. Para auxiliar os compradores na solicitação do financiamento, há 100 pontos de atendimento e 500 funcionários da Caixa. (Agência Brasil).

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade