Selecione a página

Corpus Christi em Matão leva 60 mil pessoas

Corpus Christi em Matão leva 60 mil pessoas

José A.C. Silva

O feriado católico de Corpus Christi é comemorado em Matão com temas diversos, numa celebração que contou inclusive com menções à Copa do Mundo, os tradicionais tapetes artesanais que atraíram cerca de 60 mil fieis.
Foi realizada a 66ª procissão que passa nas ruas enfeitadas que leva um grande número de turistas e fieis até as 14h, ao menos 30 mil visitantes haviam passado pelas ruas da cidade, segundo a Guarda Civil Municipal. A organização estimava 60 mil ao final do dia dessa última quinta-feira (19).
Ao todo, foram produzidos 12 tapetes (cada um do tamanho de um quarteirão) e 24 quadros, que são desenhos menores, feitos nas esquinas das vias da cidade.
Voluntários utilizaram cerca de 70 toneladas de dolomita (um tipo de calcário), areia e vidro moído para fazerem todos os desenhos, que começaram a ser elaborados por volta das 4h.
Moradores de Matão, o casal de namorados Ana Flávia Bozelli, 23, e Marcelo Novas Pinotti, 26, estreou como voluntário nesta edição.
Até as 13h trabalharam no desenho do rosto de Jesus em uma das esquinas, usando somente areia.
O trabalho é detalhado e o vento atrapalhou um pouco, mas sobrou motivação: “É gratificante ver quanta gente prestigia a festa. A intenção foi fazer uma homenagem ao Espírito Santo”, disse Ana.
Não só fiéis e voluntários aproveitaram a festa. Os ambulantes que se espalharam a partir da praça central também tiveram a oportunidade de lucrar.
Além do apelo religioso, a festa atrai turistas também pelo aspecto artístico.
Segundo Eli Floriano, coordenador do setor, isso é reflexo de um investimento maior em ornamentação, que começou há 27 anos.
Ao todo, são cerca de mil voluntários, o que dá uma média de 80 pessoas por tapete. A procissão, que faz o trajeto dos desenhos, foi realizada após a missa na Igreja Matriz do Senhor Bom Jesus.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade