Select Page

Com intermédio de Edinho, Matão consegue credenciamento SUS para hemodiálise

Deputado estadual Edinho Silva e o ministro da Saúde, Alexandre PadilhaO Hospital “Carlos Fernando Malzoni”, da cidade de Matão, foi credenciado pelo Ministério da Saúde para prestar serviço de hemodiálise por meio do SUS (Sistema Único de Saúde). A informação é do deputado estadual e presidente do PT do estado de São Paulo, Edinho Silva que vinha trabalhando a demanda junto ao Ministro da Pasta, Alexandre Padilha a pedido do prefeito Adauto Scardoelli e do vereador, Ademir de Souza. Atualmente, cerca de 40 pacientes SUS se deslocam em dias alternados (pelo menos três vezes por semana) de Matão para Araraquara ou outras cidades como Ribeirão Preto e Rio Preto para as sessões. A portaria, confirmando o credenciamento, foi publicada no Diário Oficial dessa terça-feira, dia 26.

“A hemodiálise é um procedimento médico complexo, que exige equipamentos e cuidados especiais. O deslocamento frequente para o tratamento desgasta e fragiliza ainda mais os pacientes que sofrem de insuficiência renal. Essa, com certeza, é uma grande conquista do povo matonense. Significa melhoria da qualidade de vida dessas pessoas e também dos familiares”, disse Edinho.

O Hospital, que investiu quase R$ 1 milhão na construção da unidade de hemodiálise, aguardava há pelo menos um ano pelo credenciamento e início das operações ambulatoriais. De acordo com o vereador petista, Ademir de Souza, o serviço será regional e vai contemplar pacientes de cidades vizinhas como Dobrada, Santa Ernestina e Taquaritinga que também se deslocavam para Araraquara, reduzindo assim, o tempo de viagem e o desconforto. A unidade de hemodiálise de Matão dispõe de 14 máquinas, sendo uma reservada aos portadores de vírus HIV e outras duas aos portadores de hepatite B e C. A capacidade é para atendimento de 90 pacientes.

Advertisement

Últimos Vídeos

Loading...

Arquivos