Selecione a página

Câmara concede título ao conselheiro Dimas Ramalho com presença de Alckmin

Solenidade condecorando conselheiro como Cidadão Paulistano foi um pedido do vereador Caio Miranda Carneiro “O Dimas sempre me ensinou a valorizar quem está conosco, principalmente a família. E eu levo isso pro meu gabinete e pra vida inteira.” Com essa frase, o vereador Caio Miranda Carneiro (PSB) começou seu discurso, durante a homenagem que solicitou […]

Solenidade condecorando conselheiro como Cidadão Paulistano foi um pedido do vereador Caio Miranda Carneiro

O governador Alckmin participou da condecoração de Dimas “O Dimas sempre me ensinou a valorizar quem está conosco, principalmente a família. E eu levo isso pro meu gabinete e pra vida inteira.” Com essa frase, o vereador Caio Miranda Carneiro (PSB) começou seu discurso, durante a homenagem que solicitou à Câmara Municipal de São Paulo (CMSP) para o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), doutor Dimas Eduardo Ramalho, tornando-o Cidadão Paulistano na noite dessa quarta-feira (8), no Salão Nobre da casa. Com mais de 450 pessoas, o local ficou lotado por lideranças políticas, como o governador Geraldo Alckmin (PSDB), o presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), desembargador Paulo Dimas de Bellis Mascaretti, secretários municipais e estaduais, deputados federais e estaduais, vereadores e prefeitos de diversas cidades paulistas.

Caio foi assessor jurídico do conselheiro Dimas até junho de 2016, quando resolveu se candidatar ao cargo de vereador, sendo eleito em seguida. “Em tempos de política desacreditada, reconhecer pessoas públicas honestas e importantes, como o Dimas, é uma forma de valorizar quem presta bons serviços à sociedade. Foi ele que me encorajou e me ajudou a tomar essa decisão de concorrer à vereança. Foi meu professor, mentor e, assim como eu, presidente do Centro Acadêmico XI de Agosto. Me espelho no seu grande exemplo de pessoa e o considero um grande amigo”, discursou Miranda.

Dimas Ramalho tem longa carreira na área pública: foi promotor e procurador de Justiça, deputado estadual e federal por dois mandatos, secretário estadual de Habitação e secretário municipal de Serviços. No Tribunal de Contas, assumiu a Presidência do órgão no exercício 2016 e hoje é considerado um dos conselheiros mais atuantes da casa. Em sua fala, o homenageado agradeceu os presentes e lembrou a sua história na cidade de São Paulo. “Sou do interior, nasci em Taquaritinga e me criei em Araraquara. Minha raiz foi fincada no centro do estado. Mas, entre idas e vindas, a cidade de São Paulo sempre me fascinou. Quando fui secretário municipal, tomei um banho de cidade e pude conhecer verdadeiramente cada canto daqui. E servir à população de São Paulo é se doar para o Brasil inteiro, pois aqui vivem pessoas de todos os lugares, essa é uma cidade cosmopolita. Muito obrigado ao Caio e aos outros vereadores desta casa, me sinto honrado com a presença de tantos amigos e lideranças políticas neste momento. Me lembro de um poeta que disse: ‘você, São Paulo, não é cidade onde mora minha vida, é a cidade que me habita’”, declarou.

O governador Geraldo Alckmin também fez questão de se pronunciar, valorizando a forma com que o conselheiro trata todos a sua volta. “Além de ser um líder nato, o Dimas aceitou vários desafios e superou com maestria todos eles. E uma liderança de verdade é aquela em que todos se sentem grandes, se sentem iguais, perto dele. E o Dimas tem essa característica”, disse.

Colega de faculdade do conselheiro, o desembargador Paulo Dimas lembrou dos tempos de estudante e ressaltou a proximidade dos dois juristas. “Estudamos juntos, fomos colegas de ‘pindura’ no restaurante ao lado da faculdade, e somos próximos até hoje. Apesar da correria do dia a dia e das obrigações que nos cabem, faço questão de acompanhar sua carreira desde o início, e me orgulho de tê-lo como amigo”, declarou.

Perto do término das homenagens, ao som de “Sampa”, Dimas Ramalho recebeu o título das mãos do vice-presidente da Câmara, vereador Eduardo Tuma, e do vereador Caio Miranda, a quem foi concedida pelo colega de vereança a incubência de encerrar a solenidade.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade