Selecione a página

Black Friday: a maior liquidação do ano

Black Friday é uma expressão em inglês, que significa Sexta-feira Negra. Ela acontece depois do dia de Ação de Graças, ou Thanks giving em inglês.
Este termo teve origem nos Estados Unidos e é um dia especial porque as lojas fazem grandes descontos, e por isso muitas pessoas compram presentes para o Natal. Ocorre na última Sexta Feira do mês de novembro.
Todos os anos existem casos de confrontos entre clientes, porque existe ruptura de estoque, já que algumas mercadorias esgotam rapidamente. Outras pessoas passam mal, porque as lojas ficam sobrelotadas. Alguns magazines antecipam o 25 de novembro, dando descontos de até 80%.

Sincomércio
O empresário e presidente do Sincomércio, Toninho Deliza, em entrevista a este órgão de imprensa, disse que ainda não foi procurado pelos empresários do ramo para detalhar o Black Friday em Araraquara. “Acredito que o maior volume de vendas vão acontecer pela internet, os comerciantes estão expandindo seus negócios via web. Mas vamos marcar uma reunião para tratar do assunto, ver se vale à pena o comércio permanecer aberto até às 22 horas, e ainda pagar hora-extra aos funcionários nesta atual crise. Esta queima de estoque é feita principalmente pelos grandes magazines, já no pequeno varejo os lojistas são obrigados a tomar uma atitude, principalmente, no ramo de atividades de roupas, precisam renovar sempre o estoque. De qualquer forma vão ser iniciadas as vendas natalinas que abrangem o comércio em seus vários segmentos. Acredito em uma reversão do índice negativo, contando com o 13º dos araraquarenses, certamente teremos em torno de 2 a 3% no aumento das vendas”, finalizou Deliza.

Dicas
No Black Friday muitas lojas do país proporcionarão grandes descontos para os consumidores. Assim, é uma ótima dica para quem já sabe o que quer comprar para o Natal e pode antecipar esta compra. Mas, cuidado, para que o impulso das promoções não se transformem em dívidas. Hoje o juros de cartão de crédito e cheque especial estão muito altos. Em anos anteriores, muitos consumidores que tentaram aproveitar as promoções enfrentaram problemas na hora da compra, como falta de produtos que tinham sido anunciados e sites que saíram do ar. Só o Procon de São Paulo recebeu mais de 1.300 reclamações relacionadas ao evento.
Para evitar problemas durante o período de liquidações é importante que o consumidor tome alguns cuidados e conheça seus direitos. Em caso de problemas, é necessário saber, também, a quem recorrer.
Quando for fazer a compra, verifique se o site da loja tem dados básicos, como endereço, telefone fixo ou filial física. Observe informações como razão social e CNPJ, e confirme esses dados no site da Receita Federal (http://zip.net/bfkvrH). Se a situação da empresa estiver descrita como “baixada”, “cancelada” ou “inativa”, desista da compra.
O Procon-SP mantém uma lista com sites que devem ser evitados pelos consumidores porque foram alvo de muitas reclamações, foram notificados e depois não responderam ou não foram mais encontrados. Quando escolher uma loja, confira se ela não está na lista: http://zip.net/bgnDcw.

Últimos Vídeos

Carregando...

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade