Selecione a página

Associação pede que Festa do Padroeiro se torne patrimônio de Bueno de Andrada

Iniciativa é apoiada por Elias Chediek, Delegado Elton Negrini e José Carlos Porsani

Associação pede que Festa do Padroeiro se torne patrimônio de Bueno de Andrada

Os vereadores Elias Chediek (MDB), Delegado Elton Negrini (PSDB) e José Carlos Porsani (PSDB) protocolaram na Câmara Municipal uma moção de apoio endereçada ao Executivo para que a Festa do Padroeiro Sagrado Coração de Jesus, de Bueno de Andrada, se torne bem imaterial em âmbito municipal. “A festividade ocorre no distrito desde 1912. Já faz parte da vida cultural e religiosa da região. É meramente a formalização de uma realidade”, observa Chediek.

Em outubro de 2018, a Associação de Bueno de Andrada para Cultura e Turismo Rural (Abatur) enviou um ofício ao Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Arquitetônico, Paleontológico, Etnográfico, Arquivístico, Bibliográfico, Artístico, Paisagístico, Cultural e Ambiental do Município de Araraquara (Compphara) requerendo que a festa fosse registrada no livro de tombamentos do distrito como patrimônio brasileiro e bem imaterial, porém ainda não recebeu resposta.

Os parlamentares fundamentam o apoio na Lei Ordinária 9.161/2018, que institui o Plano Municipal de Políticas Públicas para a Preservação do Patrimônio Histórico, Arquitetônico, Paleontológico, Etnográfico, Arquivístico, Bibliográfico, Artístico, Paisagístico, Cultural e Ambiental do Município de Araraquara e na Lei Ordinária 9.280/2018, que institui o Plano Municipal de Políticas Públicas para o Turismo no Município de Araraquara.

“Com esta moção, estamos informando a Prefeitura, a Secretaria de Cultura e o Compphara de que reconhecemos a relevância dessa manifestação popular e o anseio de Bueno de Andrada por sua valorização e preservação”, conclui Chediek.

A próxima Festa do Padroeiro Sagrado Coração de Jesus ocorrerá no dia 10 de novembro.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade