Selecione a página

Assessoria de Políticas LGBTQIA realiza capacitação no programa PIIS- Frentes da Cidadania

Assessoria de Políticas LGBTQIA realiza capacitação no programa PIIS- Frentes da Cidadania

Na última quarta-feira (09) a Assessoria Especial de Políticas LGBTQIA marcou presença no programa PIIS- Frentes da Cidadania (Programa de Incentivo à Inclusão Social) com uma capacitação que abordou gênero, sexualidade, preconceitos e discriminação.

A assessora municipal de Políticas LGBTQIA+ Filipa Brunelli conta que a atividade foi destinada à nova turma do Frentes da Cidadania, sendo de extrema importância. “Ter a oportunidade de desmitificar as questões LGBTs para sociedade em geral é muito significante e, isso, é parte do plano de ação da Assessoria Especial de Políticas LGBTs. Esses encontros vêm na perspectiva de agregar as pessoas LGBTs à sociedade como um todo, pois só iremos acabar com os preconceitos e as discriminações com educação e conhecimento”, defendeu Filipa.

A capacitação tornou-se um espaço democrático para o diálogo sem preconceitos sobre sexualidade, com o intuito de esclarecer sobre a integração de LGBTQIA+ à sociedade. O encontro aconteceu de maneira dinâmica abordando gênero e sexualidade, além de discutir assuntos diversos, relacionados à família e outras questões da vida de pessoas LGBTs e seus familiares.

“Tendo como fundamento básico que toda forma de discriminação e preconceitos são frutos de uma sociedade sem acesso à educação de qualidade e a privação do conhecimento, nossa capacitação apresenta temas de sexualidade e gênero para uma linguagem mais simplificada e dialoga com todos os públicos, apresentando a diversidade sexual, rompendo com o preconceito, intolerância e semeando a cultura de paz”.

Filipe lembra que a população LGBT vivencia, cotidianamente, diversas experiências que resultam em significativo sofrimento psíquico, ou por se relacionar com manifestações de intolerância ou preconceito explícitos, ou pela inserção em contextos familiares, sociais, culturais, jurídicos e legais – que os inferioriza e diferencia por meio da negação de direitos (entre eles: os direitos à existência e à manifestação pública de afeto).

As ações da Assessoria Especial de Políticas LGBTQIA buscam motivar uma sociedade mais justa e igualitária e seguem contínuas, com uma programação educativa atendendo diversos núcleos do município.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade