Selecione a página

Alunos de Escola Indígena no Vale do Ribeira viram professores em outras aldeias

Alunos de Escola Indígena no Vale do Ribeira viram professores em outras aldeias

Hoje (19), comemora-se em todo território nacional o Dia do Índio. Estima-se que 36% dos índios do território brasileiro vivam hoje em áreas urbanas, segundo dados da Fundação Nacional do Índio (Funai), realidade que normalmente afasta-os da sua cultura original. Para fortalecer a identidade desses povos e ajudar os membros das comunidades permanecerem nas suas aldeias, a Secretaria Estadual De Educação conta hoje com mais de 40 unidades de ensino indígena. Entre as escolas, a EE Peguão TY, localizada na povoação de mesmo nome, no município de Sete Barras, região do Vale do Ribeira, se destaca por oferecer tanto o Ensino Fundamental quanto o Médio, viabilizando que seus alunos se formem sem sair de suas localidades.

“Além dos estudantes não terem que se locomover até o centro do município, a cerca de 30km da aldeia, isso possibilitou que cinco jovens que concluíram seus estudos virassem docentes na própria escola ou em outras unidades estabelecidas em aldeias próximas”, explica Celso Aquiles, professor de Linguagem e Código da Unidade.

É o caso de Flávio Dita Benites, que começa lecionar neste ano letivo Ciências Humanas, História e Linguagem Materna após 13 anos  de  estudo na Peguão TY. “Para mim é uma grande oportunidade poder ajudar outros alunos, poder ajudar a preservar nossos costumes e ainda permanecer perto da minha família”, explica Benites.

Estrutura escolar

O conteúdo aplicado nas salas de aula segue as diretrizes do Currículo do Estado de São Paulo, além de incluir aulas específicas sobre cultura da própria aldeia e outras tribos e do idioma Guarani. As disciplinas são ministradas na unidade por cinco professores diferentes e a Peguão Ty ainda conta com uma merendeira e um profissional de limpeza, todos moradores da aldeia. “Temos um laboratório de informática para os alunos se conectarem com as novas tecnologias, sala de aula e de reuniões”, completa o professor.

Videoaulas para docentes

       A Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Professores (Efap) disponibiliza um conjunto de 11 videoaulas sobre Histórias e Culturas Indígenas conduzidas pelo Prof. Dr. Giovani José da Silva da Universidade Federal do Amapá (Unifap) e da Universidade Federal Fluminense (UFF), especialista no assunto e ex-aluno da escola pública do Estado de São Paulo. A sequência temática e as sugestões de leitura, escolhidas de forma cuidadosa, trilham caminhos que apontam possibilidades diversas de se trabalhar as questões indígenas na sala de aula. As vídeoaulas estão disponíveis em https://goo.gl/Ud7DJq .

 

Últimos Vídeos

Carregando...

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade