Selecione a página

Alckmin anuncia projeto contra o álcool vendido para menores

A exemplo da lei antifumo, serão distribuidos cartazes proibindo bebidas alcoólicas para menores

A exemplo da lei antifumo, serão distribuidos cartazes proibindo bebidas alcoólicas para menoresJOSÉ A.C. SILVA
TEXTO E FOTO

O Estado de São Paulo pretende aumentar a fiscalização e as sanções a estabelecimentos que vendem bebidas alcoólicas para menores de 18 anos.

Em Araraquara não é diferente de outras cidades do estado: menores consomem álcool e drogas nas ruas, praças e baladas.

Os vereadores da cidade têm se preocupado com o grande número de ocorrências policiais, principalmente causadas nas saídas de festas open bar e lojas de conveniência em postos de gasolina que vendem bebidas que contem álcool, gerando também reclamações do alto volume de som dos carros que ficam parados nestes locais.

Ontem, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou um projeto de lei austero no combate do álcool, podendo até fechar bares, tendo uma mudança importante para que o dono do estabelecimento seja punido. A atual lei determina que o fiscal flagre o momento da venda, sendo que agora a multa ou interdição do estabelecimento poderá ocorrer se o menor for pego bebendo no local.

A fiscalização será intensificada, o projeto visa usar os agentes da lei antifumo devendo ter mais contratações por parte do governo estadual. O pacote de medidas inclui a realização de campanhas nas escolas públicas, tendo também aplicação de testes psicológicos na verificação de dependência química e alcoólica nos alunos.

A maioria dos menores adquire bebidas alcoólicas em supermercados, muitas vezes pedindo para amigos maiores de idade passarem a bebida no caixa e consumindo o produto em locais públicos.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade