Selecione a página

Variedade de medalhistas faz Brasil ter maior número de pódios da história

Nesse sábado (20), O Brasil bateu em total de medalhas, a sua melhor campanha na história. Serão, contando com futebol e vôlei, 18 pódios garantidos. O recorde anterior foi na Olimpíada passada, em Londres, que teve 17. O país ainda pode superar o número de ouro. Se confirmar, passará a seis conquistados superando o rendimento […]

Nesse sábado (20), O Brasil bateu em total de medalhas, a sua melhor campanha na história. Serão, contando com futebol e vôlei, 18 pódios garantidos. O recorde anterior foi na Olimpíada passada, em Londres, que teve 17.
O país ainda pode superar o número de ouro. Se confirmar, passará a seis conquistados superando o rendimento verde-amarelo em Atenas-2004, recorde de campeões olímpicos da delegação nacional, com cinco. Uma sede olímpica superar o desempenho dos Jogos anteriores não chega a ser novidade. Até hoje, apenas três países ganharam mais medalhas na Olimpíada anterior aquela que organizaram: os EUA (101 medalhas em Atlanta-1996 contra 108 de Barcelona-1992), a Finlândia (24 em Londres-1948 e 22 em Helsinque-1952) e a França (42 na Antuérpia-1920 e 41 em Paris-1924).
Quando o COB (Comitê Olímpico do Brasil) fizer o balanço dos Jogos do Rio de Janeiro, o número de total medalhas certamente será comemorado. É preciso lembrar, porém, que a meta estipulada pelo próprio comitê não deve ser batida. A ideia era ficar entre os 10 do quadro de medalhas por total de medalhas. Neste momento, o país é o décimo quinto na soma de pódios. E só deve entrar no top 10 se ganhar medalha em praticamente todas as modalidades que disputar neste sábado e domingo. São disputas no taekwondo e 4×400 m no atletismo neste sábado e maratona neste domingo. Além de já contar com os pódios garantidos no futebol e vôlei.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade