Selecione a página

Técnico da Ferroviária prega cautela após vitória em jogo-treino

“Teve muita movimentação. Nossa equipe ainda está muito limitada em função do desgaste físico. Mas dentro daquilo que foi o planejamento, as coisas aconteceram. Claro que ainda teremos a semana que vem para direcionar os trabalhos de uma forma um pouco intensa, e iremos diminuir um pouquinho, mas não muito. Temos que pagar esse preço […]

O técnico da Ferroviária, Antônio Picoli, avaliou o desempenho de sua equipe no jogo-treino realizado no último sábado na Arena Fonte Luminosa, onde a Locomotiva bateu o Sertãozinho por 3 a 1. Para ele, o grupo ainda precisa evoluir fisicamente para atingir o patamar que permitirá colocar em prática o programa técnico proposto pelo treinador.

“Teve muita movimentação. Nossa equipe ainda está muito limitada em função do desgaste físico. Mas dentro daquilo que foi o planejamento, as coisas aconteceram. Claro que ainda teremos a semana que vem para direcionar os trabalhos de uma forma um pouco intensa, e iremos diminuir um pouquinho, mas não muito. Temos que pagar esse preço até pelo período que começamos nossos trabalhos”, explicou o treinador.

No primeiro jogo-treino, a Ferroviária empatou com o Barretos por 2 a 2 na última quarta-feira na casa do adversário. No último sábado, contra o Sertãozinho, todos os gols ocorreram no segundo tempo. Zé Mário abriu o placar para a Ferroviária aos 7 minutos e o Sertãozinho empatou aos 12 com um gol marcado por Tito. A alegria do time visitante durou apenas dois minutos, já que aos 14 a Locomotiva ampliou com Tiago Marques. Aos 33, Kaio Fernando fez o terceiro gol araraquarense na partida e fechou o placar em 3 a 1. Para Picoli, o placar não reflete o que foi a partida. “Não vejo que foi para tanto. Defensivamente, a equipe adversária se posicionou bem e nos trouxe dificuldades. A primeira parte nossa foi bem mais organizada, visto que a equipe já trabalha há mais tempo junta. Mas depois, já conhecendo o adversário, tivemos algumas situações que foram conversadas antes de entrar para a segunda parte, como usar um pouco mais as beiradas com velocidade. O placar de 3 a 1 não diz muito o que foi o jogo, mas o fato é que aproveitamos as oportunidades que tivemos e em algumas situações de bola parada tivemos dificuldade, principalmente na segunda parte”, avalia Picoli.

O time araraquarense volta a jogar em casa amanhã, às 16 horas, contra o Linense e encerrará sua preparação em um amistoso contra o Corinthians no dia 1º de fevereiro, na Arena Corinthians. Para o compromisso diante da equipe de Lins, Picoli espera estar mais próximo de compor sua escalação. “Eu ainda vou avaliar alguns atletas, em algumas situações diferentes, para que tenhamos todas as respostas possíveis em relação a cada um deles. Lá na competição não vai dar para fazer observação e temos que fazer isso agora. Espero mais dificuldades, porém com a equipe mais rápida e mais solta, o que será uma característica dessa equipe. Para isso, a perna tem que estar boa para a parte técnica aparecer”, completa o comandante.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade