Selecione a página

Mudança no comando

Diretor Joaquim de La Torre anuncia sua despedida da Ferroviária

Carlos André de Souza

Em entrevista coletiva realizada na tarde de ontem na sede da Ferroviária, foi anunciado que Joaquim de La Torre Aranda, que exerceu a função de diretor de futebol durante um ano e meio, não faz mais parte da diretoria afeana. Sua função terá continuidade com o trabalho de José Manuel Evaristo, que chegou ao clube há dois meses.
O anúncio foi feito por Ênio Rodrigues, diretor executivo da Know How, empresa parceira e maior investidora do time grená. “Estamos deslocando ele para outro projeto da empresa. O time profissional da Ferroviária está em uma linha bem estruturada e as categorias de base estão caminhando da maneira que determinamos. Trouxemos o José Manuel há pouco tempo, então estávamos contando com dois profissionais de peso, que têm conhecimento de mercado e conhecimento de futebol. Por isso, entendemos que a Ferroviária não ficará desguarnecida com a saída do Joaquim”, explicou Ênio.
De La Torre agradeceu à imprensa, diretoria e torcedores de Araraquara, além de fazer um balanço sobre sua passagem pelo time. “Tivemos um mau momento este ano no Campeonato Paulista, onde concordamos que as críticas devem mesmo existir. Tentamos acertar, mas o futebol não é uma ciência exata e muitas vezes as coisas não saem como planejamos. Assumo os erros que tive aqui, mas o futebol tem dessas coisas. Tenho um novo desafio, mas acredito que deixamos uma boa contribuição aqui em termos do plano de reestruturação da Ferroviária”, salientou o dirigente, que agradeceu especialmente ao presidente da Ferroviária, Welson Alves Ferreira Júnior, e ao deputado estadual Edinho Silva, ex-prefeito que colaborou para a chegada da empresa à cidade.
O diretor administrativo da Ferroviária, Bruno Ópice de Mattos, falou em nome do presidente Juninho. “Em nome da Ferroviária, quero agradecer ao De La Torre e dizer que foi um prazer trabalhar com ele. Nos demos muito bem no dia-a-dia, que é justamente a parte mais difícil, pois lidamos com pressão do jogo, pressão emocional e financeira. As portas estarão sempre abertas para ele aqui”, ressaltou.
Joaquim de La Torre acredita que a Ferroviária tem tudo para subir no ano que vem. “O projeto é excelente e o time tem tudo para subir. A equipe que disputará a Copa Paulista possui um custo baixo com o objetivo de formarmos um caixa forte para a Série A2 e trazermos alguns reforços de qualidade para a competição. Além disso, creio que o time deve continuar fortalecendo a base, pois é a partir da base que o time vai ganhar dinheiro”, completou.

Copa Paulista começa hoje
A Copa Paulista terá início hoje, mas a Ferroviária folga na primeira rodada. O time araraquarense integra o Grupo 2, ao lado de Inter de Limeira, Comercial, Independente, São Carlos, Sertãozinho e XV de Piracicaba, que será o adversário da estreia, no dia 19 de julho, próxima sexta-feira, no Estádio Barão de Serra Negra, casa do adversário.
Ontem, a equipe do técnico Jorge Saran realizou um treino coletivo na Arena da Fonte, onde os titulares superaram os reservas por 4 a0.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade