Selecione a página

Jogadoras da Seleção reforçarão Ferroviária na Libertadores

As Guerreiras Grenás ganharão reforços de peso para a disputa da Taça Libertadores da América 2016. Atual campeã da competição, a Ferroviária/Fundesport já encaminhou o retorno de várias atletas que tiveram boas passagens pela equipe, inclusive algumas que estavam na Seleção Brasileira.
O primeiro grande reforço a chegar foi a goleira Luciana, uma das jogadoras mais queridas pela torcida, com participação fundamental nas conquistas da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro de 2014, antes de integrar o elenco permanente da Seleção Brasileira. A atleta já defendeu a equipe nos Jogos Abertos do Interior, de onde o time voltou com a medalha de ouro. Na semana passada, foi apresentada a lateral Rilany, outra jogadora campeã das competições nacionais de 2014 com as Guerreiras Grenás, e que também estava na Seleção.
Agora, o diretor da equipe, Danilo Zero, revelou à reportagem do jornal O Imparcial que outros reforços de peso estão a caminho. A volante Bia, outra atleta vinda da Seleção e que também foi campeã com o time grená em 2014, já está em Araraquara.
Titular da Seleção nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, a volante Thaisa é outro nome que voltará a vestir a camisa grená na Libertadores, assim como a lateral Daiane, a zagueira Mimi e a atacante Adriane Nenê, todas com passagens vitoriosas pela equipe de Araraquara. Essas quatro atletas, no entanto, só chegarão na cidade após o término da Copa do Brasil Feminina, competição em que estão em atividade defendendo o Corinthians.
Danilo Zero destacou a importância que as jogadoras terão no elenco comandado pelo técnico João Batista. “Elas são jogadoras experientes e de grande capacidade técnica, que coloca nosso time num patamar acima. Mescla muito bem com nosso elenco atual, que é jovem e promissor”, explicou o diretor.
Zero também afirmou que a equipe aguarda uma definição por parte da Conmebol sobre a data e o local da Libertadores. No ano passado, a competição foi sediada em Medelín, na Colômbia, onde o time araraquarense, na época comandado pelo técnico Leonardo Mendes, levantou a taça com uma campanha invicta.

Últimos Vídeos

Carregando...

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade