Selecione a página

Ferroviária recebe punição pesada

Árbitro relata que foi hostilizado na Fonte Luminosa e Locomotiva perde três mandos de campo no Paulistão Santos não vem mais?Caso a diretoria não consiga reverter a pena com o recurso, a Ferroviária perderá a sua única partida que faria na Fonte Luminosa contra um time grande do Paulistão.A pena envolveria os jogos contra Ituano […]

Árbitro relata que foi hostilizado na Fonte Luminosa e Locomotiva perde três mandos de campo no Paulistão


Enquanto a maior parte dos torcedores fizeram a festa de modo pacífico no gramado, outros ofenderam e hostilizaram a arbitragem e os atletas adversários Foto: Tetê VivianiA Ferroviária fará seis jogos como mandante no Paulistão de 2018, mas três deles serão longe de Araraquara. Essa punição foi definida na noite da última segunda-feira, na sede da Federação Paulista de Futebol, por conta dos fatos ocorridos na final da Copa Paulista onde o time araraquarense sagrou-se campeão sobre a Inter de Limeira na Fonte Luminosa. Além da perda de três mandos, o clube grená deverá pagar uma multa de R$ 50 mil. A diretoria entrará com recurso para tentar reduzir a pena.
O jogo em questão foi realizado na noite do dia 25 de novembro, pela partida de volta da final. Na ocasião, a Locomotiva venceu a Inter de Limeira nos pênaltis por 7 a 6 após um empate por 2 a 2 no tempo regulamentar, e sagrou-se bicampeã da Copa Paulista.
Segundo as anotações feitas pelo árbitro Vinícius Gonçalves Dias Araújo na súmula, três fatores foram determinantes para a punição. O primeiro deles foi o fato de as duas torcidas terem utilizado sinalizadores na arquibancada. Normalmente, o simples uso desse material não implica em punição de perda de mando, mas o problema é que a partida foi paralisada por dois minutos quando se ouviu “efeitos sonoros parecidos com rojões”, como diz a nota na súmula.
Outro pontos afirmado pelo árbitro foi a invasão de “centenas de torcedores da equipe mandante” no campo durante a comemoração. Isso também não costuma ocasionar medidas pesadas, desde que ocorra somente uma comemoração pacífica, como ocorreu na comemoração do título da Série A2 de 2015.
Mas o ponto que pode realmente ter sido determinante para a punição foi o relato de que, após invadirem o campo, “torcedores hostilizaram a equipe visitante, arbitragem e diretoria da Federação Paulista de Futebol na premiação”.

Santos não vem mais?
Caso a diretoria não consiga reverter a pena com o recurso, a Ferroviária perderá a sua única partida que faria na Fonte Luminosa contra um time grande do Paulistão.
A pena envolveria os jogos contra Ituano (21 de janeiro), Botafogo (28 de janeiro) e Santos (10 de fevereiro). As partidas devem ocorrer a pelo menos 100 quilômetros de Araraquara, o que geraria um grande prejuízo financeiro ao clube, que perderia grande parte de sua renda, além de sofrer com o desinteresse dos sócio-torcedores, já que nesse caso, a Locomotiva só faria três jogos na cidade, contra Santo André (14 de fevereiro), Mirassol (4 de março) e Bragantino (7 de março).
O Paulistão terá início no dia 17 de janeiro, quando a Locomotiva enfrentará o Red Bull em Campinas.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade