Selecione a página

Ferroviária: Hora de acertar a pontaria

Ferroviária: Hora de acertar a pontaria

Carlos André de Souza

A Ferroviária vem apresentando um bom futebol nos últimos jogos e as boas atuações animam a torcida a sonhar com uma das vagas nas quartas de final do Paulistão 2019. Mas um detalhe vem tirando o sono do técnico Vinícius Munhoz: a falta de eficiência da equipe nas finalizações.

Na última sexta-feira, a equipe araraquarense empatou com o Guarani por 1 a 1 no Estádio Brinco de ouro da Princesa, em uma partida onde teve mais posse de bola e criou mais que o dobro de finalizações que o time da casa. Em entrevista concedida após a partida, Vinícius Munhoz valorizou o ponto conquistado, mas lamentou o resultado. “Foi um bom resultado por tudo o que envolve a competição. Ter a condição de pontuar jogando no Brinco contra o Guarani é algo que deve ser valorizado. Mas fica o sentimento de que poderíamos ter saído com a vitória. Estamos falando de 67% de posse de bola, 17 finalizações, sendo oito delas no gol e fizemos apenas um gol. Isso mostra um pouco do que foi o jogo e que precisamos de um pouco mais de capricho para que possamos transformar esse volume em gols e conseguir os três pontos. Nesse jogo contra o Guarani isso era possível, mas se não conseguimos os três pontos, fica a importância de ter conseguido esse ponto que deve ser valorizado”, analisou o técnico.

A Ferroviária voltará a campo no próximo sábado, 9 de março, às 21 horas, no Estádio do Pacaembu contra o São Paulo. Para esse compromisso, o comandante afeano espera aprimorar o setor ofensivo para que a equipe consiga converter as oportunidades em gols e em vitórias. “A gente vem buscando trabalhar para aperfeiçoar esse terço final do campo. É importante conversar com os atletas e passar tranquilidade a eles naqueles momentos em que tivemos as chances mais claras de gol. Mas acredito que à medida em que as rodadas forem passando, a tendência é de saírem mais gols. O que frustra um pouco é a quantidade significativa de chances que não conseguimos colocar para dentro, mas eu tenho certeza de que nas próximas rodadas teremos a competência para fazer os gols e sairmos com o resultado que a gente merece”, concluiu Vinícius Munhoz.

A tabela de classificação do Grupo C apresenta o Corinthians na liderança com 14 pontos, seguido de Ferroviária com 13, Bragantino com 10 e Mirassol com 8. Ao final da primeira fase, os dois primeiros colocados de cada chave avançarão às quartas de final, onde se enfrentarão em jogos de ida e volta.

Últimos Vídeos

Carregando...

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade