Selecione a página

Ferroviária empata pela segunda vez na Série D

Goleiro da Locomotiva defende pênalti e evita derrota no Paraná

Ferroviária empata pela segunda vez na Série D

A Ferroviária somou seu segundo empate no Campeonato Brasileiro da Série D. O time araraquarense, que já havia empatado na estreia em casa por 1 a 1 com o Novo Hamburgo-RS, ficou no 0 a 0 com o Cianorte-PR na tarde deste domingo no Estádio Albino Turbay, casa do adversário.

O placar poderia ter sido adverso para a Locomotiva, que se salvou de uma derrota graças ao goleiro Gabriel Leite, que defendeu um pênalti ainda na etapa inicial do jogo.

Na outra partida válida pelo Grupo A16, o Tubarão-SC venceu o Novo Hamburgo fora de casa por 1 a 0 e chegou aos 6 pontos, na liderança da chave. A Ferroviária é vice-líder com 1, enquanto Novo Hamburgo e Cianorte aparecem na sequência com um ponto cada um.

A equipe araraquarense enfrentará na próxima rodada o Tubarão em jogo marcado para o dia 6 de maio, no Estádio Domingos Gonzales, em Tubarão, Santa Catarina.

Primeiro tempo com pênalti defendido 

A primeira oportunidade clara de gol só ocorreu aos 17 minutos, quando a Ferroviária falou na saída de bola e Thomas Anderson se aproveitou, passou por dois defensores e arriscou uma bomba da entrada da área, mas a bola passou perto do travessão.

A Locomotiva respondeu rápido e, um minuto depois, Válber acionou Tharlles pelo lado esquerdo da área, o atacante saiu de frente para o gol, mas parou na boa saída do goleiro João Gabriel, que evitou o gol.

 O time da casa voltou a levar perigo aos 26, quando Fernandinho cobrou falta na área e Feliphe Gabriel cabeceou por cima do gol.

Aos 30, a Ferroviária errou no meio e a bola ficou com Xavier, que disparou em direção ao gol e acabou derrubado dentro da área por Elton. Na cobrança do pênalti, Fernandinho bateu forte e rasteiro, mas o goleiro Gabriel Leite defendeu em seu canto esquerdo.

Segundo tempo com pouca inspiração

Na etapa complementar, o Cianorte chegou muito perto de fazer o gol aos 2 minutos. Após cobrança de escanteio cruzada na área, Jovany desviou e Xavier pegou de primeira de frente para o gol, mas a bola passou perto do travessão. Aos 5, Válber recebeu em profundidade, passou pelo goleiro, mas perdeu o tempo da bola e ficou sem ângulo para finalizar.

A Locomotiva assustou as 25 com um chute de fora da área de Valber, que parou em uma boa intervenção do goleiro, que espalmou em seu canto esquerdo. A Ferroviária voltou a chegar perto do gol aos 38 com Felipe Ferreira, que bateu da entrada da área e a bola passou perto. Aos 44, o goleiro do Cianorte foi obrigado a espalmar um forte chute de longe do afeano Vinicius.

FICHA TÉCNICA

CIANORTE 0 x 0 FERROVIÁRIA
Local
: Estádio Albino Turbay, em Cianorte-PR.
Data/Horário: Domingo, 29 de abril, 16h.
Arbitragem: Augusto Domingos Borges Ortega, auxiliado por Cicero Alessandro de Souza e Sérgio Alexandre da Silva (todos de MS).
Público: 394 pagantes.
Renda: R$ 6.325,00.
Cartões amarelos: Gerônimo e Montoya (Cianorte); Elton, Íkaro, Caíque e Tharlles (Ferroviária).

CIANORTE – João Gabriel; Gerônimo, Montoya, Feliphe Gabriel e Filipe Ramon; Jovany, Sidnei e Xavier; Fernandinho, Rodrigo Alves (Edílson) e Thomas Anderson (França). Técnico: Marcelo Caranhato.

FERROVIÁRIA – Gabriel Leite; Marcos Ytálo (Vinicius), Élton, Luan e Bruno Ré; Caíque (Fábio Souza), Íkaro, Valber e Tom (Felipe Ferreira); Tharlles e Lucas Douglas. Técnico: PC de Oliveira.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade