Selecione a página

Ferroviária empata com o Audax

Carlos André de Souza

Não foi dessa vez que o técnico Ito Roque pôde comemorar sua primeira vitória a frente da Ferroviária no Campeonato Paulista da Série A-2. Na tarde de ontem, no Estádio Nicolau Alayon, em São Paulo, a Locomotiva empatou em 0 a 0 com o Audax, em duelo válido pela sétima rodada da competição. Com o resultado, o time grená chegou a 7 pontos e caiu para a 15ª colocação. O adversário, agora com 10 pontos, caiu para a 10ª posição.
“Não é por que conquistamos um empate fora de casa contra uma ótima equipe que é o Audax, que significa que está tudo bem. Precisamos melhorar muito e tentar fazer a lição de casa nas próximas rodadas, com mais qualidade no último passe e mais agressividade”, avaliou Ito Roque.
A equipe araraquarense fará seus dois próximos jogos em Araraquara. No próximo sábado, às 16 horas, a Ferrinha receberá o São Carlos na Arena da Fonte. Para esse compromisso, o treinador araraquarense não poderá contar com o zagueiro Carlinhos, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Em compensação, a equipe deve contar com o retorno do volante Rodrigo César e do lateral-esquerdo Tatá. Na quarta-feira seguinte, às 20 horas, o visitante será o Palmeiras-B.

O jogo
A Ferroviária entrou em campo praticamente com a mesma escalação que empatou com o União Barbarense no último sábado, com exceção do volante Rodrigo César, que foi poupado com dores musculares.
A partida começou com poucas oportunidades de gols na capital paulista. Somente aos 9 minutos, Rafael Martins arriscou de fora da área e a bola passou perto do ângulo esquerdo de Everton. Aos 18, foi a vez do camisa 10 do Audax, Paulo César, chutar de fora da área rasteiro, mas a bola passou rente à trave direita da meta afeana. No lance seguinte, o time paulistano executou triangulação pela ponta esquerda e a bola ficou com Rafael Martins, que bateu rasteiro e Everton segurou firme. Aos 23 minutos, em cobrança de falta de Paulo César, a bola explodiu no travessão do goleiro afeano. Aos 35, Jobinho recebeu a bola em profundidade e bateu cruzado para fora. Aos 43, foi a vez de Cesinha arriscar de longa distância, mas bola foi para fora.

Segundo tempo
A Ferroviária voltou com a mesma formação para a etapa complementar. Mas o primeiro lance de perigo foi do time da casa, com um cruzamento pela esquerda que Rafael Martins cabeceou e a bola passou perto do canto direito de Everton. Aos 5 minutos, em cobrança de falta na ponta esquerda, Emerson surpreendeu a todos e bateu direto, mas a bola passou muito perto do ângulo do goleiro. Ito Roque tirou Bruno para a entrada de Daniel. Aos 15, após lançamento de Daniel, Jobinho dominou na ponta, cortou o zagueiro em direção ao centro da área e bateu forte de esquerda e a bola tirou tinta do ângulo direito de Rafael Costa. Aos 18, em cobrança de falta próximo ao bico da área, Willian acertou um petardo, que exigiu uma boa defesa do goleiro do time da casa. No contra-ataque, o Audax tabelou e a bola chegou até Alex Afonso, que invadiu a área e bateu rasteiro, cruzado, e a bola passou muito perto do gol afeano. Welington Amorim deu lugar a Ricardinho. Aos 26 aconteceu o lance mais perigoso do jogo, quando após uma cobrança de falta rápida pelo meio, a bola encontrou Danilo, que saiu na cara do gol, bateu no canto, mas Everton se esticou para fazer a defesa. Aos 30, o arqueiro afeano voltou a salvar a pátria, ao defender uma cobrança de falta frontal.
Aos 34, Ricardinho partiu para cima da defesa e foi parado com uma falta por trás. Wendell, que tinha acabado de entrar, foi expulso em seu primeiro lance. Aos 40, Paulo César voltou a levar perigo em um chute de longe, que passou perto do ângulo. Em sua última alteração, Ito Roque tirou o volante Julio César e colocou o atacante Fabrício Carvalho. Aos 47 minutos, a Ferroviária saiu em contra-ataque e a bola sobrou para Ricardinho, que chutou de fora da área e o goleiro defendeu no canto. (Foto: Bruno de Moura)

FICHA TÉCNICA
Audax 0 x 0 Ferroviária

Local:
Estádio Nicolau Alayon, em São Paulo-SP
Arbitragem:Norberto Luciano Santos da Silveira, Wendel Almeida da Silva (assistente 1), Daniel Lofrano (assistente 2).
Renda:R$ 915,00
Público:123 pagantes
Cartões amarelos:Francis, Paulo César e Rafael (Audax); Césinha, Júlio César e Carlinhos (Ferroviária)
Cartão vermelho:Wendel (Audax)

Audax –Rafael Costa, Diego, Thiago, Heverton, Luan, Romário (Wendel), Rafael Martins, Francis (Diego Souza), Paulo César, Danilo e Alex Afonso (Rafael).
Téc. Antonio Carlos Zago

Ferroviária –Everton; Emerson, Rafael Dias, Carlinhos e Willian, Júlio César, Césinha, Felipe Blau e Bruno (Daniel); Wellington Amorim (Ricardinho) e Jobinho.
Técnico: Ito Roque

Últimos Vídeos

Carregando...

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade