Selecione a página

Ferroviária e Corinthians se enfrentam na Fonte

Ferroviária e Corinthians se enfrentam na Fonte

Carlos André de Souza

Depois de 26 anos, a Ferroviária volta a figurar na fase final do Campeonato Paulista da Série A1. A equipe comandada pelo técnico Vinícius Munhoz terá a chance de fazer história neste domingo (24), quando entrará no gramado da Fonte Luminosa às 19 horas para encarar o Corinthians pelo jogo de ida das quartas de final.
Os dois times integraram o Grupo C da primeira fase e vem de sequências positivas na temporada. Enquanto a Ferroviária ostenta sete jogos de invencibilidade, o Corinthians não perde há dez jogos. A Locomotiva foi vice-líder da chave com 18 pontos (quatro vitórias, seis empates e duas derrotas, com 12 gols marcados e 9 sofridos), enquanto o Timão terminou na ponta da tabela com 21 pontos (seis vitórias, três empates e três derrotas, com 10 gols marcados e 8 sofridos).
A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira, dia 27, na Arena Corinthians, em Itaquera. Em caso de igualdade de gols ao final das duas partidas, a vaga para a semifinal será decidida nos pênaltis.

Sem mudanças
O técnico Vinícius Munhoz dividiu com a equipe os méritos da invencibilidade e destacou que a equipe não mudará sua maneira de jogar. “Não acredito que seja momento para grandes mudanças. É um momento de valorizar essa nossa forma de jogar, reforçar nosso estilo de jogo. Não vejo que diante da dificuldade que o Corinthians vai nos causar seja necessário se alterar a forma de jogar. Vejo a Ferroviária em uma crescente e sempre buscamos uma melhora, corrigindo o que se precisa corrigir. Estamos atentos ao Corinthians dentro das últimas rodadas e agora vamos procurar fazer dois grandes jogos. O foco é fazer dois grandes jogos contra o Corinthians, independente do resultado”, destacou o treinador.
Com o intuito de poupar os sete jogadores que estavam pendurados, o comandante afeano colocou uma equipe alternativa na última rodada da primeira fase, onde empatou com o Novorizontino por 1 a 1. Agora, com os cartões zerados, a equipe pode ir com força total em busca de um bom resultado.

Entre os melhores do Paulistão
A Ferroviária teve sua última participação na fase final do Paulistão em 1993. Na ocasião, a competição era dividida em módulos, verde e amarelo, e o clube avançou para o quadrangular final, mas acabou eliminado. Um jogo marcante daquela competição foi a derrota para o Palmeiras por 1 a 0 em um duelo emocionante que marcou o recorde de público da antiga Fonte Luminosa.

Corinthians pode ter novidades
Atual bicampeão da competição, o Corinthians pode ter novidades hoje em Araraquara. Carille comandou na sexta-feira um trabalho tático e não deu pistas da escalação, mas o artilheiro Gustavo treinou com uma proteção no joelho esquerdo e o argentino Mauro Boselli ficou de fora por causa de dores no joelho esquerdo.

Estreia do VAR
Pela primeira vez na história, o Paulistão contará com o recurso do VAR, o chamado árbitro de  vídeo, que permite à arbitragem rever os lances em que ela considera duvidosos. O Estádio da Fonte Luminosa também receberá pela primeira vez esse atrativo que dificultará os erros que são cada vez mais comuns no futebol.

FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIA x CORINTHIANS

Local: Estádio da Fonte Luminosa, Araraquara;
Data/Horário: Domingo, 24 de março, 19 horas;
Arbitragem: Vinícius Furlan, auxiliado por Alex Ang Ribeiro,  Vitor Carmnona Metestaine; VAR: Luiz Flávio de Oliveira;

FERROVIÁRIA – Tadeu; Diogo Mateus, Rayan, Rodrigão e Arthur Henrique; Anderson Uchoa, Tony e Léo Artur; Diego Gonçalves, Felipe Ferreira e Lúcio Flávio. Técnico: Vinícius Munhoz

CORINTHIANS – Cássio;  Michel Macedo, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Júnior Urso e Sornoza; Clayson, Pedrinho (Vagner Love) e Gustagol. Técnico: Fábio Carille

Últimos Vídeos

Carregando...

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade