Selecione a página

Ferroviária busca de nove a onze reforços

Ferroviária busca de nove a onze reforços
Carlos André de Souza

Após encerrar a temporada 2018 com o vice-campeonato da Copa Paulista e com a vaga na Série D do Campeonato Brasileiro de 2019, a Ferroviária vive agora um momento que aguça todas as atenções da torcida para a montagem do elenco que iniciará o próximo ano.
Em entrevista concedida na Sala de Imprensa da Fonte Luminosa, o diretor de futebol Roque Júnior falou sobre o planejamento. “Nós temos uma base com alguns jogadores que vão ficar da Copa Paulista, outros jogadores que vão voltar de empréstimo e alguns que nós já encaminhamos a contratação. No momento não vou adiantar nenhum, mas a ideia é que conforme esses jogadores vão chegando e fazendo exames médicos, a gente vai anunciando”, destacou o ex-zagueiro campeão da Copa do Mundo de 2002 pela Seleção Brasileira.
A diretoria anunciou nesta sexta-feira o primeiro reforço, que é o atacante Maurinho, de 28 anos, ex-Avaí. Segundo Roque Júnior, o time deve contar com um número entre nove e onze reforços para o Paulistão. Entre os nomes que mais interessa à torcida está o do atacante Tom, autor de dez gols na Copa Paulista. Segundo o diretor, as negociações entre a Ferroviária e a Inter de Limeira – detentora dos direitos contratuais do atleta, estão bem adiantadas e o ‘Barba Assassina’ tem tudo para vestir a camisa grená no Paulistão. Quanto ao goleiro Tadeu, embora possua contrato com a Ferroviária, o atleta ´que se destacou na Série B pelo Oeste vem sendo especulado em alguns times, entre eles o Guarani e o próprio Oeste, que tenta estender seu empréstimo.
O diretor de futebol também confirmou a permanência do técnico Vinícius Munhoz, que comandou o time na Copa Paulista. “Se olhar a própria Ferroviária nos últimos anos, ela vem mantendo os técnicos por mais tempo do que o mercado faz, tem mantido treinador por mais tempo. Na nossa opinião, o Vinícius fez uma boa Copa Paulista dentro daquilo que a gente esperava, com características de um treinador que entendesse a maneira de jogar da Ferroviária, que vinha sendo colocada nos últimos anos e foi colocada de novo muito bem por todos e por ele também, que teve a melhor campanha da Copa Paulista e com um time que gostava de jogar com a bola, além da liderança que ele tem no vestiário. Essas são as características que vínhamos buscando no treinador. Ele continua, tem contrato até o final do Paulista e vamos manter o contrato até o final”, justificou.

Copa Paulista
Sobre o vice-campeonato da Copa Paulista, o dirigente se mostrou satisfeito pela conquista da vaga para a Série D do Campeonato Brasileiro. “Tivemos um bom desempenho na Copa Paulista. Não conseguimos o título, mas conseguimos o objetivo da Ferroviária que era disputar a Série D, que disputou este ano, depois de muitos anos. Mesmo não tendo o título, eu saio contente por ter conseguido o objetivo”, analisou.
A reapresentação do elenco da Ferroviária está marcado para o dia 17, segunda-feira, quando será possível ter uma primeira impressão sobre o elenco. A equipe araraquarense fará sua estreia no dia 20 de janeiro, contra o Santos na Vila Belmiro, casa do adversário.
Foto: Thiago Carvalho/AFE

Últimos Vídeos

Carregando...

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade