Select Page

Empate no BotaFerro



Ferroviária empata com o Botafogo em Ribeirão Preto e se mantém na sétima posição

Lateral-esquerdo Ralph, que voltou de lesão, fez o gol de empate em cobrança de falta de longe e comemorou muito com os companheirosCARLOS ANDRÉ DE SOUZA
andre@jornaloimparcial.com.br

Não foi nesta rodada que a Ferroviária conseguiu deixar a penúltima colocação do grupo 2 e iniciar uma reação na Copa Paulista. Apesar disso, a equipe voltou para casa com um ponto, conquistado após o empate por 1 a 1 com o Botafogo, em duelo realizado na noite de ontem no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.

O resultado mantém a Locomotiva na sétima colocação, com cinco pontos, mesmo número do lanterna Batatais, que na noite de ontem também empatou em 1 a 1, contra o União São João.

Na próxima rodada, a equipe comandada pelo técnico Paulo Cézar Catanoce volta a atuar em Ribeirão Preto, dessa vez contra o Comercial. O jogo acontece no próximo dia 19, sexta-feira, às 20 horas, no Estádio Francisco de Palma Travassos. Depois desse duelo, a Ferrinha fará outro jogo fora de casa, contra o Velo em Rio Claro, no primeiro jogo do returno da primeira fase. A Locomotiva só voltará a atuar em casa no dia 4 de setembro, um domingo, contra o Batatais na Arena da Fonte Luminosa.

O jogo
Para o duelo de ontem no Estádio Santa Cruz, o técnico Paulo Cézar Catanoce tinha três importantes retornos: o zagueiro Felix, que cumpriu suspensão no jogo anterior, além do volante Vieira e do lateral-esquerdo Ralph, liberados pelo departamento médico. Mesmo assim, o treinador optou por iniciar a partida com três volantes, com Marcelinho encarregado de armar as jogadas para os atacantes Jobinho e Tuia.

Do outro lado, o técnico Régis Angeli conseguiu a autorização para escalar o recém-contratado lateral-esquerdo Alex Cazumba, jogador revelado pelo São Paulo. E foi dele o passe para o primeiro gol do jogo, logo aos 10 minutos do primeiro tempo, quando Álvaro recebeu a bola, deu uma meia-lua no zagueiro afeano Rafael Dias e bateu forte, de pé esquerdo, abrindo o placar em Ribeirão.

O gol parecia ter abalado a Ferroviária, que não levava perigo ao gol de Alexandre Villa. Mas a equipe grená chegou ao empate aos 38 minutos de jogo, quando, em cobrança de falta de longe, Ralph acertou um belo chute. A bola bateu no travessão e morreu no fundo do gol: 1 a 1.

Na volta dos vestiários, quase a Ferroviária surpreende no primeiro lance da segunda etapa, com uma bela triangulação que terminou nos pés de Jobinho, que de frente para o gol, perdeu a chance ao sofrer a dividida do zagueiro adversário. Aos 5 minutos, o time da casa voltou a levar perigo em cobrança de falta defendida pelo goleiro Douglas. Aos 25, Marcelinho fez belo lançamento para Leandro Banana, que bateu cruzado, tirando tinta da trave de Alexandre Villa. A partir daí, as duas equipes se mostraram muito fortes na marcação, sem permitir a infiltração adversária. Final de jogo e um ponto para cada time em Ribeirão Preto.

Ficha técnica
Botafogo 1×1 Ferroviária

Local: estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto-SP
Árbitro: Ederson Martins Deodato
Cartões amarelos: Vitor Flora, Daniel Borges, Alváro e Rafael Almeida (Botafogo); Jobinho, Ralph e Veira (Ferroviária)
Gols: Álvaro, aos 10’/1T (Botafogo); Ralph, aos 32’/1T (Ferroviária)
BOTAFOGO – Alexandre Villa; Daniel, Henrique Mattos, Rafael Almeida e Alex Cazumba; Walker, Itaqui (Diego), Vitor Flora (Adriano) e Álvaro; Fillip (Caio) e Welton. Técnico: Régis Angeli
FERROVIÁRIA – Douglas; Emerson, Rafael Dias, Félix e Ralph (Tatá); Carlinhos, Vieira (Felipe Blau), Cesinha e Marcelinho; Tuia e Jobinho (Leandro Banana). Técnico: P. C. Catanoce

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Publicidade

Arquivos