Select Page

Em busca de recuperação, Ferroviária recebe o Audax

Vivendo um momento complicado neste início de temporada, a Ferroviária volta a campo hoje pelo Paulistão em circunstâncias nada favoráveis. O time araraquarense encara o Grêmio Osasco Audax às 21h30 na Arena Fonte Luminosa, onde precisa de uma vitória para iniciar uma reação no estadual.
A Locomotiva ainda não venceu nenhum jogo oficial em 2017. Iniciou a temporada com uma derrota para o Corinthians por 1 a 0 em um amistoso no Itaquerão, em São Paulo. Em sua estreia no Paulistão, teve um bom início de jogo contra a Ponte Preta em Campinas, mas perdeu de virada por 2 a 1. Na sequência, fez sua estreia na Copa do Brasil e vencia o jogo até os 46 minutos do segundo tempo, quando sofreu o gol que resultou no empate por 1 a 1 e consequentemente na classificação do ASA de Arapiraca (AL) em plena Fonte Luminosa. O time voltou a jogar em casa no último sábado e voltou a sair na frente do placar diante do Mirassol, mas novamente sofreu uma virada que resultou no placar de 3 a 1 e na demissão do técnico Antônio Picoli.
A diretoria anunciou ontem que o novo técnico da Ferroviária será PC Oliveira, coordenador metodológico de treinamentos da equipe. Entretanto, para o jogo de hoje, o time será comandado por Ricardo Moraes, que atuava como auxiliar técnico de Picoli. Essa é a terceira vez que Moraes desempenha a função de técnico interino. Na última delas, empatou por 0 a 0 com o Linense na última rodada do Paulistão do ano passado. O resultado salvou a equipe do rebaixamento.
Dessa vez, Ricardo Moraes sabe que a situação é ainda mais difícil. Com duas derrotas, a Ferroviária ocupa a última colocação geral do campeonato, posição da qual precisa se afastar para fugir do fantasma do rebaixamento para a Série A2. Entre as 16 equipes participantes do Paulistão, apenas a Ferroviária e o São Bento ainda não pontuaram nas duas primeiras rodadas.
“No ano passado tivemos uma semana para preparar a equipe e principalmente a cabeça dos jogadores, porque vínhamos de uma sequência muito infeliz de resultados. Agora é começo de campeonato, mas é uma situação muito diferente porque temos apenas um treino de 20 minutos, até porque não podemos desgastar os jogadores. Então vai ser mais na base da conversa e de um entendimento tático sobre momentos que vamos passar, além de vídeos e alguma coisa em termos de posicionamento. A expectativa é de que eles entendam e que possam fazer um jogo que capacite a equipe a se reabilitar e se reerguer na competição”, explicou Ricardo.
Outro fator preocupante para os torcedores está na qualidade do adversário de hoje. O Audax vem de uma derrota fora de casa por 2 a 0 sofrida diante do Linense, mas a equipe comandada pelo técnico Fernando Diniz já provou sua qualidade ao bater o São Paulo por 4 a 2 na rodada de estreia do estadual. Além disso, o time é o atual vice-campeão paulista, feito que foi alcançado após chegar à final da edição do ano passado, quando perdeu a decisão para o Santos.
Para o compromisso de hoje, Ricardo Moraes não poderá contar com o lateral direito Jonathan Bocão e com o zagueiro Patrick, que foram expulsos na partida de sábado contra o Mirassol. Assim, tudo indica que o técnico colocará em campo a mesma escalação utilizada no jogo de estreia, com Matheus no gol, Willian Cordeiro e Sávio nas laterais, Luan e Leandro Amaro na zaga, com o meio de campo formado por Claudinei, Flávio, Alan Mineiro e Juninho e o ataque composto por Elder Santana e Tiago Marques. O treinador, no entanto, admite que fará alterações em termos de esquema tático, por conta do modo diferenciado de atuar do adversário de hoje. No entanto, o mais importante, segundo Ricardo, é recuperar o ânimo dos atletas.
“Os jogadores tinham muita confiança no Picoli e tinham um grande carinho por ele. Todos eles sentiram e além do momento negativo em termos de resultado, temos de lidar com esse lado também. Então tivemos que reerguer o astral dos jogadores porque não temos muito tempo para ficar lamentando e temos uma competição dificílima para nos reabilitar”, completou Ricardo Moraes.

Técnico retorna
O Audax conseguiu adiar o julgamento do técnico Fernando Diniz, expulso na estreia contra o São Paulo. Com isso, o treinador está confirmado para esta terça-feira. Em campo ele terá as mesmas peças que perderam para o Linense por 2 a 0 no último final de semana e por isso não deve ter mudanças, com Felipe Alves; Felipe Rodrigues, André Castro e Betinho; Léo Arthur, Pedro Carmona, Danielzinho e Marquinho; Denilson, Ytalo e Hugo. O elenco não voltou para Osasco e viajou direto de Lins para Araraquara, onde está concentrado e treinou na manhã de ontem.

FICHA TÉCNICA
FERROVIÁRIA x AUDAX
Local: Arena Fonte Luminosa, em Araraquara;
Data/Horário: 14 de fevereiro de 2017, às 21h30;
Arbitragem: Vinicius Furlan, auxiliado por Gustavo Rodrigues de Oliveira e Luiz Alberto Andrini Nogueira.

FERROVIÁRIA – Matheus, Willian Cordeiro, Luan, Leandro Amaro e Sávio; Claudinei, Flávio, Alan Mineiroe Juninho; Elder Santana e Tiago Marques. Téc.: Ricardo Moraes.

AUDAX – Felipe Alves; Felipe Rodrigues, André Castro e Betinho; Léo Arthur, Pedro Carmona, Danielzinho e Marquinho; Denilson, Ytalo e Hugo. Téc.: Fernando Diniz.

Últimos Vídeos

Loading...

Arquivos