Selecione a página

De olho na Copa Paulista, Ferroviária visita o Oeste

Será o primeiro de cinco amistosos que o time fará antes da estreia na Copa Paulista

Carlos André de Souza

A Ferroviária encara o Oeste de Itápolis hoje, às 10 horas, na casa do adversário, no primeiro amistoso da pré-temporada que visa preparar a equipe para a Copa Paulista.

Depois de três semanas de preparação que envolveu atividades físicas comandadas pelo preparador Erick Violla e trabalhos de aprimoramento tático orientados pelo próprio técnico Ito Roque, a equipe vai a campo hoje com uma cara bem diferente daquela que terminou o Campeonato Paulista da Série A2. Dos 11 jogadores considerados titulares para este primeiro compromisso, apenas seis disputaram a competição do primeiro semestre com a camisa grená.

Na defesa, a Locomotiva voltará a contar com a segurança do goleiro Everton, que terá uma dupla de zaga formada pelos recém chegados Di Fábio e Anderson Santos. Nas alas, Alan será a novidade pela direita, enquanto Tatá voltará a ocupar o lado esquerdo, onde atuou em várias ocasiões na A2.

A dupla de volantes é nova em Araraquara, mas chega com a confiança do comandante, já que Renan e Nildo atuaram com Ito Roque no Penapolense, antes da equipe daquela cidade conquistar o inédito acesso à Série A1. Já o setor criativo conta com dois velhos conhecidos da torcida, o habilidoso meia Daniel e o polivalente Felipe Blau, atleta que já ajudou a equipe em diversas posições como lateral direito, lateral esquerdo e volante.

No ataque, quem terá nova chance será Wellington Amorim, que chegou como uma das maiores esperanças de gols da torcida, mas não rendeu o esperado no estadual. Ele formará dupla com o também remanescente Róbson.

“É a primeira movimentação da equipe e é lógico que não vamos esperar que o time já jogue do jeito que a gente quer, pelo fato de estar um pouco travado ainda por causa desses trabalhos pesados da pré-temporada. Mas esperamos pelo menos nos 45 minutos iniciais ter uma boa movimentação e colocar alguma coisa em prática, para no segundo tempo trocarmos todo mundo para evitarmos lesões”, explicou o treinador.

Segundo ele, esse é um compromisso que não pode ser avaliado apenas pelo placar. “O resultado é o que menos importa e sim a movimentação. Precisamos olhar a individualidade dos jogadores e após isso encaixarmos essa individualidade no coletivo”, salientou.

O adversário de hoje também disputará a Copa Paulista e paralelamente participará do Campeonato Brasileiro da Série C, por isso o técnico araraquarense espera dificuldades pela frente, mas espera usar isso da melhor maneira possível. “O Oeste possui uma equipe que vem treinando há mais tempo e certamente está com um ritmo bem mais avançado que o nosso, tanto fisicamente quanto tecnicamente. Mas espero um bom jogo e que seja útil para nos ajudar a chegar ao nível que pretendemos”, completou.

Além do amistoso contra o Oeste, a Ferroviária terá outros quatro compromissos antes da estreia na Copa Paulista, marcada para o dia 14 de julho, contra o Noroeste em Bauru. A equipe enfrentará o Rio Claro no próximo dia 23 em Rio Claro, o Velo Clube no dia 27 em Rio Claro, o Rio Branco em Americana no dia 30 e o Velo Clube no dia 6 de julho, na Arena da Fonte.


Futebol feminino

Na Arena, Guerreiras Grenás

lutam para recuperar posição

Após perder pontos no Campeonato Paulista de Futebol Feminino, a Ferroviária/Fundesport volta a jogar diante de sua torcida hoje, às 15 horas, na Arena da Fonte, onde terá pela frente a vice-líder Francana.

A equipe comandada pelo técnico Douglas Onça, que era a vice-líder, caiu para a vice-lanterna do Grupo 1, agora com 4 pontos, em razão de uma punição imposta pela Federação Paulista de Futebol (FPF) pela presença da lateral esquerda Leal no banco de reservas do time na vitória por 2 a 0 sobre o Palmeiras/Bauru na Arena. A jogadora, que não estava inscrita, não chegou a ser utilizada, mas assinou a súmula, o que resultou na perda de pontos. A equipe já havia perdido um ponto após a segunda rodada da competição, dessa vez por um erro de comunicação com a FPF, quando a entidade cobrou documentos que não haviam sido exigidos no regulamento.

Agora, somente a vitória interessa às Guerreiras Grenás, que enfrentarão um rival histórico que fará de tudo para a equipe permanecer na parte de baixo da tabela. No primeiro jogo entre as duas equipes, pelo primeiro turno da mesma competição, as afeanas levaram a melhor por 1 a 0 em Franca. A Francana ocupa a segunda posição do grupo, com 8 pontos, metade da pontuação conquistada pelo Botucatu, que está com a mão em uma das duas vagas da chave para a próxima fase do estadual.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade