Select Page

Campo em pré-temporada



Gramado da Arena passa por processo de recuperação para as competições que terão início em janeiro

Carlos André de Souza

A equipe da Ferroviária iniciará na próxima semana a sua preparação para o ano de 2012, que promete ser agitado, principalmente em relação à disputa da Série A-2. Mas não é só o time que está em pausa e na espera da pré-temporada. O campo da Arena da Fonte Luminosa, que vive cercado de expectativa com a confirmação dos jogos da Copa São Paulo de Juniores e também do Paulistão, passa por um processo de recuperação de seu gramado, com o propósito de apresentar aos atletas e torcedores um palco à altura das competições que irá sediar.

Desde o último dia 15, o local recebe atenção especial dos funcionários da empresa Campanelli, que substituiu a World Sports, que travava do gramado. O trabalho, que tem o custo mensal de R$ 15 mil, envolve, nesta etapa do planejamento, os processos de aeração, descompactação e o de pulverização para a adubação. A estimativa é de que o período de recuperação demore por 45 dias.

“É um processo bastante agressivo, mas que garante a condição do gramado pelo próximo ano inteiro. Esse trabalho deveria ter ocorrido no meio do ano, mas por ocasião do calendário de jogos, nós não pudemos realizá-lo. Então estamos aproveitando esse intervalo entre o fim da Copa Paulista e o início da Copinha para fazer, porque o gramado precisa de um período de recuperação”, explicou Eneida Miranda de Toledo, presidente da Morada do Sol Turismo e Eventos, que administra a Arena da Fonte.

Por isso, os eventos que seriam agendados para o local nos próximos 30 dias foram desmarcados, com exceção da final do Campeonato Amador, no próximo dia 18, que só terá o campo liberado desde que os jogadores utilizem chuteiras sem cravo.

Quem deve sentir muito essa ‘interdição’ será o time sub-18 da Ferroviária/Fundesport, que representará a cidade na disputa da Copa São Paulo de Futebol Junior. A equipe comandada pelo técnico Edmílson Feliciano esperava contar com o local para fazer alguns jogos-treino visando a disputa, mas dificilmente poderá se preparar no local. A equipe principal da Locomotiva, que iniciará a preparação na próxima segunda-feira, também deve encontrar problemas em sua pré-temporada.

“Nós somos parceiros da Ferroviária e na medida do possível estaremos cedendo o espaço e possibilitando o treino a partir de janeiro, mas o treino tático não poderá ser realizado. Os coletivos e os reconhecimentos estarão abertos. Isso por que o jogo não traz problema para o campo. O treino tático é mais danoso e causa um desgaste maior pela insistência em determinadas jogadas que acabam danificando algumas áreas. Mas nós devemos ter uma nova reunião com a diretoria da Ferroviária em dezembro para ver quais são as necessidades do time e tentar adequar o calendário de treino com a conservação do campo”, salientou Eneida.

Sobre a realização de shows no local, ela revela que não tem nada programado, mas que devem ocorrer mudanças na maneira de conduzir a utilização do campo. “Apesar de tudo o que foi noticiado, na avaliação da empresa que cuida do campo, o show não danificou o gramado. As únicas partes do campo que precisaram de replantio foram aquelas da pequena área, principalmente a área do goleiro, que sofre um desgaste natural e um uso mais intenso. Mas de qualquer maneira, estamos revendo a política para a realização de espetáculos”, assegurou.

A empresa responsável pela manutenção vai fazer um processo triplo, que envolve a aeração, o corte vertical e a adubação. É um processo bastante agressivo, mas que garante a condição do gramado pelo próximo ano inteiro.

A grama é cortada horizontalmente e verticalmente, tirando toda a grama amarela que forma embaixo, no chão e vai trazer aquilo que esperamos de um gramado de excelente qualidade.

Esse processo deveria ter ocorrido no meio do ano, mas por ocasião do calendário de jogos, nós não pudemos interromper. Então estamos aproveitando esse intervalo entre o fim da Copa Paulista e o início da Copinha para fazer, porque o gramado precisa desses 45 dias.

O nosso contrato prevê que não pode ter uso do gramado. A grama precisa de água e sol agora. Depois desse corte, foram colocados mais de 500 quilos de adubo e mais de uma tonelada de areia, que é para proteger o gramado. Então não tem a menor condição de fazer o jogo. Essa areia serve para proteger a grama nova que vem vindo aí. Por isso, o uso do gramado está completamente impossibilitado nesse mês de dezembro, para que em janeiro nós possamos ter uma Copinha com um gramado espetacular.

Nós somos parceiros da Ferroviária e na medida do possível estaremos cedendo o espaço e possibilitando o treino, mas o treino tático não poderá ser realizado. Os coletivos e os reconhecimentos estarão abertos em janeiro. Nós devemos ter uma nova reunião com a diretoria da Ferroviária em dezembro para ver quais são as necessidades do time e tentar adequar o calendário de treino com a conservação do campo.

Nós estamos revendo essa política. Apesar de tudo que foi noticiado, na avaliação da empresa que cuida do campo, o show não danificou o gramado. As únicas áreas que precisaram de replantio foram as áreas da pequena área, principalmente a área do goleiro, que sofre um desgaste natural e um uso mais intenso. Mas de qualquer maneira, estamos revendo a política para a realização de espetáculos.

Esse é um gasto que nós achamos que é justo, em razão do alto custo do equipamento. A hora/máquina é muito cara e nós conseguimos uma negociação extremamente interessante pagando mensalmente e não pelo custo. Algumas ferramentas são específicas, são importadas, não tem similares e não há condição de fazermos esse trabalho com qualquer empresa. Nós tivemos três ou quatro que vieram aqui e quando viam o que nós queríamos, recusaram e não apresentaram proposta, justamente porque não possuem esse tipo de ferramenta. Então como não é barato, temos que cuidar para garantir um bom futebol ao longe de 2012.

O jogo não traz problema para o campo. O treino é mais danoso e causa um desgaste maior pela insistência em determinadas jogadas que acabam danificando algumas áreas.


Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Publicidade

Arquivos